Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato


Pobre Edgar Allan Poe (1809 – 1849)… A criatividade dos inexperientes roteiristas Ben Livingston e Hannah Shakespeare transformou os últimos dias do poeta e contista norte-americano em uma rocambolesca aventura policial.

Pôster oficial do longa-metragem/Reprodução

No longa-metragem O Corvo (The Raven) – estreado na última sexta-feira (18) no Brasil –, a obra do escritor é usada como fonte de inspiração por um serial killler.

Quando o detetive Fields (Luke Evans) percebe as semelhanças entre os crimes e as narrativas, convoca Poe (John Cusack) para auxiliá-lo nas investigações.

A ficção se passa em 1849, em Baltimore, nos Estados Unidos.

Reinventando Edgar Allan Poe
Homônimo a um dos poemas mais conhecidos do autor, o suspense de 110 minutos mescla episódios fantásticos, misteriosos e macabros de contos como Os Crimes da Rua Morgue e A Máscara da Morte Escarlate.

Além disso, a produção oferece informações verdadeiras e pontuais sobre a vida do literato norte-americano como a sua expulsão da acadêmia militar, a morte de sua mulher, sua difícil situação financeira e sua própria morte até hoje inexplicada.

Ao transformar o escritor em uma espécie de herói, a ousada proposta dirigida por James McTeigue (V de Vingança e Ninja Assassino) não funciona porque dá ares de personagem de aventura a uma pessoa que existiu e que não tinha essas características. Por isso, o Poe visto nas telonas é tão falso, caricato e não desperta simpatia.

Dessa vez, a fórmula hollywoodiana que constantemente reinventa e moderniza figuras emblemáticas – como Sherlock Holmes, de Sir Arthur Conan, e James Bond, de Ian Fleming – não colou.

Talvez, a melhor solução para o filme fosse adaptar qualquer uma das obras-primas do autor – conhecido como um dos grandes nomes da Literatura da Língua Inglesa – e criar um herói a partir disso. Ou que algum roteirista experiente tivesse colocado a mão na massa.


Cusack & cia
Apesar de ser um excelente ator, John Cusack (2012, Alta Fidelidade e Quero Ser John Malkovich) está apagado na pele de Poe.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

A atuação de Luke Evans (Imortais, Os Três Mosqueteiros e Robin Hood) como detetive Fields é canastrona. As interpretações do restante do elenco também não ajudam a produção a decolar.

Resumindo, dá para assistir. É um filme esteticamente bonito, mas não espere grandes cenas, nem grandes emoções. [Disponível em 2D]

O Corvo | Site oficial [em português]
www.ocorvofilme.com.br

***

Gostou? Então, leia também
Os Vingadores da Marvel: um superfilme; uma máquina de fazer grana
Battleship: Irmãozinho de Transformers não conquista público brasileiro
Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma
filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada
CCJ premia roteiros de animação com R$ 10 mil
Inscrições para Festival Cine MuBE Vitrine Independente 2012 vão até 31/5
Exposição de fotos da Galeria Clic homenageia Festival de Cannes
Graphic novel Dolltopia apresenta lado renegado do mundo das bonecas
Todos em Dolltopia estão lutando por autonomia, diz Abby Denson
Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS


//

W3Counter

Debora de Lucas

About these ads

18 thoughts on “Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato

  1. Pingback: Ana Maria Bahiana em dose dupla: Jornalista bate papo com leitores e lança livro Como Ver um Filme em SP | deborando

  2. Pingback: Show gratuito da banda Franz Ferdinand acontece neste domingo (27) em SP | deborando

  3. Pingback: Banda escocesa Franz Ferdinand faz show gratuito neste domingo (27) em SP | deborando

  4. Pingback: Filmes 7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012 | deborando

  5. Pingback: Livros de Lima Barreto e de Alcântara Machado são distribuídos de graça em SP | deborando

  6. Pingback: Curso gratuito do CCJ forma roadies em São Paulo | deborando

  7. Pingback: Galeria francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones | deborando

  8. Pingback: #Ziggy-fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie | deborando

  9. Pingback: Videoinstalação apresenta imagens inéditas do filme A Invenção de Hugo Cabret | deborando

  10. Pingback: Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie | deborando

  11. Pingback: Romulo Fróes apresenta releitura de disco clássico de Caetano Veloso em show gratuito no CCJ | deborando

  12. Pingback: Fotógrafo Antoine Verglas fantasia cotidiano de showgirl em livro | deborando

  13. Pingback: Filme Woody Allen: A Documentary agrada críticos britânicos | deborando

  14. Pingback: Concurso CCJ Drag Contest 2012 acontece neste domingo em São Paulo | deborando

  15. Pingback: 3ª edição da festa Laço invade (!) Paço das Artes | deborando

  16. Pingback: Corra… Última encenação da peça OhAmlet acontece em 25/6 na Oficina Cultural Oswald de Andrade | deborando

  17. Pingback: Pedro Almodóvar e Antonio Banderas voltam a trabalhar juntos; Relembre os filmes da parceria espanhola | deborando

  18. Pingback: Prometheus: Prelúdio da franquia Alien é espetacular | deborando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Proudly powered by WordPress
Theme: Esquire by Matthew Buchanan.

%d blogueiros gostam disto: