A gênese, a ascensão, a “morte” e a ressurreição do grupo Atitude


Você tem o DVD do grupo Atitude?
– Tenho.
– Quanto custa?
– Cinco reais.
– Eu sou do grupo.
– Pô, cara! Cê não vai chamar a polícia, né?
– Não. Tá vendendo bem?
– Sim, pra burro.
– Beleza. Quero levar uns DVDs, mas você vai me fazer um desconto.
– Pra você, faço um real cada.
– Então me dá 50.

***

O diálogo acima ocorreu em julho deste ano. O vocalista, compositor e pandeirista do Atitude, Pedro Pimenta, se deparou com o primeiro DVD do octeto de Campo Grande na banca de um camelô da cidade.

O fato seria corriqueiro se o “Luau Ao Vivo” tivesse sido lançado em lojas. No entanto, o registro do concerto de 2009 nunca chegou às prateleiras porque foi gravado como trabalho de conclusão de curso (TCC) de Vicente Mello e nunca colocado à venda.

 O grupo Atitude apresenta canções próprias e covers no “Luau Ao Vivo”/Frame

O DVD de 64 minutos apresenta 14 canções entre composições próprias – “Só Me Levar” (Pedro Pimenta), “Linda Demais” (Rômulo Régis e Pedro Pimenta) e “Paixão da Minha Vida” (Gabriel Pereira e Rômulo Régis) – e covers – “Você Não Entende Nada” (Caetano Veloso), “Não Chore Mais” (Bob Marley/Gilberto Gil) e “Zóio de Lula” (Charlie Brown Jr.).

Grana, sucesso e “morte”
O Atitude se formou em 2003 e seus músicos – influenciados por nomes como Arlindo Cruz, Bebeto, Jorge Ben Jor, Sabotage, Racionais MC’s, Marcelo D2, Black Alien, Bezerra da Silva, Chico Buarque e Tom Jobim – criaram uma sonoridade inclassificável que poderia ser chamada de “samba-pagode-rap-pop”. A patota se desfez oficialmente em 2008, quando três integrantes saíram da cidade para fazer faculdade.

Durante esses cinco anos, os meninos chegaram a fazer cerca de 12 apresentações por mês, receber até R$ 3,5 mil de cachê por show, colocar 1.200 pagantes em casas noturnas e levar seu som aos palcos de Campo Grande e de outras cidades mato-grossenses-do-sul como Bonito e Corumbá.

Além disso, o grupo se apresentou em programas locais de TV e rádio e abriu shows de Dudu Nobre e dos grupos Exaltasamba e Inimigos da HP na região.

Mesmo após a “pequena morte”, o octeto formado por Pedrinho, Karan Cavallero (vocais), Rômulo Régis (vocais e violão), Leandro Martins (vocais e reco), Gabriel Pereira (o GP, vocais e repique), Henrique Gaban (vocais e cavaco), Marcos Avila (o Pingo, rebolo) e Henrique Regenold (o Rege, surdo, beatbox e vocais de rap) ainda está na pista.

Revivals e a força do YouTube
O Atitude se reúne duas vezes por ano para matar saudades e fazer apresentações para seus fãs. Os admiradores do grupo são responsáveis pelas mais de 29.330 visualizações da canção “Só Me Levar”, no YouTube.

Depois do “hit”, as músicas “Quinto Andar” e “Alô Gatinha” contam com, respectivamente, 25.460 e 18.400 exibições. Até o fechamento deste post, os vídeos totalizam cerca 73.160 mil de visualizações. Uma marca bem boa para uma banda local.

No fim do ano, o octeto de Campo Grande e a banda de samba rock Curimba farão um tributo ao sambista Bezerra da Silva. A festa ainda não tem data marcada, mas, se depender do passado e dos números no YouTube do Atitude, será um sucesso.

>>>Mais informações sobre o tributo a Bezerra da Silva com Pedro Pimenta

Gostou? Então, leia também
Adeus Steve Jobs, adeus Mestre do Reino Encantado da Maçã Mordida
“Amizade Colorida” é uma comédia romântica cheia de personalidade
traição.com: infidelidade ganha aliados na internet
Três motivos para adorar Debbie Harry

Enquanto R.E.M. sai de cena, Nirvana triunfa sobre a morte
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana
Três motivos para não esquecer Marlon Brando
Filme sobre vida de Paulo Coelho volta a se tornar notícia
“Missão Madrinha de Casamento” não é versão “Se Beber, Não Case!”
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina

Debora de Lucas


//

W3Counter
Anúncios

5 pensamentos sobre “A gênese, a ascensão, a “morte” e a ressurreição do grupo Atitude

  1. Pingback: traição.com: infidelidade ganha aliados na internet | deborando

  2. Pingback: “Amizade Colorida” segue fórmula das novas comédias românticas sem perde personalidade | deborando

  3. Pingback: Adeus Steve Jobs, adeus Mestre do Reino Encantado da Maçã Mordida | deborando

  4. Pingback: Três motivos para venerar Guns N’ Roses | deborando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: