Os Vingadores da Marvel: um superfilme, uma máquina de fazer dinheiro


A pouca experiência atrás das câmeras e alguns tropeços em Hollywood não impediram que o diretor e roteirista norte-americano Joss Whedon (Serenity), 47 anos, transformasse Os Vingadores (The Avengers) em um excelente filme.

Pôster do longa-metragem Os Vingadores/Reprodução

Com uma carreira estabelecida na TV americana, o nova-iorquino é o roteirista dos bem-sucedidos seriados Buffy – A Caça-Vampiros e Angel e também é o cara por trás dos roteiros dos filmes Toy Story e Alien – A Ressurreição.

Nas mãos do amante das histórias em quadrinhos, o longa-metragem de 142 minutos consegue transportar para as telonas a dinâmica, a intensidade, as características e os conflitos do time formado em 1963 pela Marvel Comics.

Na trama, o vilão Loki (Tom Hiddleston) e seus aliados alienígenas iniciam um plano para dominar a Terra. Com a ameça, o diretor da agência internacional de pacificação S.H.I.E.L.D. Nick Fury (Samuel L. Jackson) recruta os super-heróis para defenderem o planeta.

Saborosa infidelidade
A produção não é 100% fiel aos primeiros números da HQ. Ela mescla fases e não cita os membros fundadores Vespa e Homem-Formiga. No entanto, o roteiro de Whedon é bem amarrado e convence.

O script e a direção redonda dão uma segunda chance ao, num primeiro momento, insosso Capitão América (Chris Evans). O personagem não emplacou como o esperado no longa homônimo lançado no ano passado.

O subaproveitado Hulk (Mark Ruffalo) reconquista a grandiosidade que havia perdido nos dois filmes solos Hulk (2003) e O Incrível Hulk (2008).

Depois da introdução cinematográfica em 2011, o deus Thor (Chris Hemsworth) volta mais maturo e seguro.

O Homem de Ferro brilha de novo. Como o Superman de Christopher Reeve (1952 – 2004), a atuação de Robert Downey Jr. é icônica e, provavelmente, será um empecilho para os próximos atores que se aventurarem a encarnar o personagem que – com a sua inteligência, modernidade e sarcasmo – é o mais alinhado da família Marvel à contemporaneidade.

A coragem desprovida de superpoderes dos agentes da S.H.I.E.L.D. Viúva Negra (Scarlett Johansson) e Gavião Arqueiro (Jeremy Renner) e a mente articulada e os métodos questionáveis de Fury ajudam a compor o grupo.


Constantes efeitos especiais

Apesar de extremamente presentes, os efeitos especiais não roubam a cena. Eles são fundamentais para dar vida à fantasia criada pelos desenhistas Stan Lee e Jack Kirby (1917 – 1994). Os recursos engrandessem e conferem riqueza visual à narrativa.

Afinal das contas, o Homem de Ferro e Thor voam, e o Dr. Bruce Banner se transforma no verdão Hulk em poucos segundos.

Como destruir a cidade de Nova York sem eles? Não se esqueça que batalhas na Big Apple são recorrente no Universo Marvel. Ou seja, nos dias de hoje, é impossível filmar uma produção desse porte sem o auxílio da computação gráfica e do chroma key.

Mais que um filme
Os Vingadores (The Avengers) é um superfilme. Os fãs que acompanham os super-heróis nos quadrinhos saem das sessões extasiados. A criançada, apaixonada. E os espectadores comuns dizem que topariam pagar mais um ingresso para rever o longa.

Com menos de dez dias em cartaz e sem estrear nas salas americanas, a produção estimada em US$ 220 milhões (aproximadamente R$ 420 milhões) já arrecadou US$ 280 milhões (cerca de R$ 530 milhões) e se tornou um fenômeno mundial (leia mais a seguir).

Sua continuação está programada para voltar aos cinemas. Em entrevista à revista britânica SFX, Joss Whedon declarou que a sequência será mais curta, mais pessoal e mais dolorosa. O cineasta acrescentou que o tema será completamente novo e fresco.

Pode parecer difícil, mas após assistir a Os Vingadores é impossível não botar fé no talento e na mente criativa do diretor. [Disponível em 2D e em 3D]

***

Uma máquina de fazer dinheiro – Bombou. Definitivamente, o longa-metragem Os Vingadores (The Avengers) é um sucesso. Nos cinemas desde 25 de abril, a produção norte-americana estreada em 40 países como México, Austrália, Reino Unido, Alemanha, França e Itália já arrecadou US$ 280 milhões (cerca de R$ 530 milhões), segundo o BoxOfficeMojo.com.

Desenhista Stan Lee/Edward Liu/Wikimedia

Só no Brasil – em cartaz desde 27 de abril –, o faturamento bateu a casa dos US$ 11 milhões (aproximadamente R$ 21 milhões), ainda de acordo com o site gringo.

Além de confirmar a cifra, a página brazuca FilmeB.com.br afirma que a fita da Marvel Studios é a maior abertura do ano e a maior renda de abertura da história no país.

E esses números vão crescer ainda mais. O filme do diretor Joss Whedon estreia nesta sexta-feira (4/5) nos Estados Unidos e no Canadá. Para esses mercados, a previsão é que US$ 400 milhões (cerca de R$ 765 milhões) sejam arrecadados, informa a firma quase centenária Box Office.

***

>>>Repare! – O Hulk ganhou as feições do ator Mark Ruffalo. | Nas cópias legendadas, o mais célebre intérprete do personagem verdão – o ator e ex-fisiculturista Lou Ferrigno – empresta a sua voz ao super-herói. | Nos minutos finais, Stan Lee faz uma ponta e tira um sarro dos Vingadores. Essa não é a primeira vez que o desenhista interage com seus personagens. No maior estilo hitchcockiano, Lee sempre dá um jeito de aparecer ao lado de seus meninos. | Há uma cena extra. Só saia do cinema após assisti-la.

***

Os Vingadores | Site oficial [em inglês]
marvel.com/avengers

Gostou? Então, leia também
Cowboys e Aliens naufraga, mas apresenta 007 do faroeste
Joalheria Tiffany lança coleção comemorativa de 175 anos
Maria Rita homenageia Elis Regina em show gratuito em São Paulo
Exposição não reflete grandiosidade de Elis Regina
Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS
Elizabeth Taylor, o recomeço de Lindsay Lohan
Universo paralelo de Helena Blomqvist ganha exposição em Estocolmo
Isabeli Fontana, muito mais bonita por dentro do que por fora
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
3MOTIVOSPARA… participar do concurso Homofobia Fora de Moda 2012
O sinistro ataque dos velhos punheteiros
3MOTIVOSPARA… admirar o fotógrafo Steve Schapiro
Terry Richardson’s Diary: O olhar do badalado fotógrafo de moda na web
25 cópias de foto de capa de disco de David Bowie estão à venda
Sandra Bullock, não te desculpo!

Debora de Lucas

//

W3Counter

Anúncios

28 pensamentos sobre “Os Vingadores da Marvel: um superfilme, uma máquina de fazer dinheiro

  1. Pingback: 3MOTIVOSPARA… participar da Virada Cultural | deborando

  2. Pingback: 3MOTIVOSPARA… participar da Virada Cultural | deborando

  3. Pingback: Grupo argentino Quantum traz fusão entre tango e rock ao Brasil | deborando

  4. Pingback: Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada | deborando

  5. Pingback: Andy Warhol, André Kertész, Claudio Edinger e Ozualdo Candeias ganham exposições no MIS | deborando

  6. Pingback: Inscrições para exposição Alameda: Arte de Rua vão até 20 de maio | deborando

  7. Pingback: Que tal ganhar packs da trilogia O Poderoso Chefão? | deborando

  8. Pingback: Todos em Dolltopia estão lutando por autonomia, diz cartunista Abby Denson | deborando

  9. Pingback: Graphic novel Dolltopia apresenta lado renegado do mundo dos bonecos | deborando

  10. Pingback: 3ª edição da Maratona de Críticos acontece nesta quarta (16) no Paço das Artes | deborando

  11. Pingback: Battleship: Irmãozinho da franquia Transformers não conquista público brasileiro | deborando

  12. Pingback: Grátis: Elke Maravilha leva espetáculo Do Sagrado ao Profano ao CCJ neste sábado | deborando

  13. Pingback: Exposição de fotos da Galeria Clic homenageia Festival de Cannes | deborando

  14. Pingback: CCJ premia roteiros de animação com R$ 10 mil | deborando

  15. Pingback: Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato | deborando

  16. Pingback: Ana Maria Bahiana em dose dupla: Jornalista bate papo com leitores e lança livro Como Ver um Filme em SP | deborando

  17. Pingback: Show gratuito da banda Franz Ferdinand acontece neste domingo (27) em SP | deborando

  18. Pingback: Banda escocesa Franz Ferdinand faz show gratuito neste domingo (27) em SP | deborando

  19. Pingback: Filmes 7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012 | deborando

  20. Pingback: Livros de Lima Barreto e de Alcântara Machado são distribuídos de graça em SP | deborando

  21. Pingback: Curso gratuito do CCJ forma roadies em São Paulo | deborando

  22. Pingback: Galeria francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones | deborando

  23. Pingback: #Ziggy-fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie | deborando

  24. Pingback: Videoinstalação apresenta imagens inéditas do filme A Invenção de Hugo Cabret | deborando

  25. Pingback: Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie | deborando

  26. Pingback: Romulo Fróes apresenta releitura de disco clássico de Caetano Veloso em show gratuito no CCJ | deborando

  27. Pingback: Fotógrafo Antoine Verglas fantasia cotidiano de showgirl em livro | deborando

  28. Pingback: Filme Woody Allen: A Documentary agrada críticos britânicos | deborando

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: