Documentário Tropicália estreia nesta sexta (14)

O documentário nacional Tropicália chega às salas de cinema nesta sexta-feira (14). O filme de 82 minutos do diretor Marcelo Machado revisita o movimento cultural homônimo encabeçado pelos músicos Caetano Veloso, Gilberto Gil, Gal Costa, Tom Zé, Os Mutantes Arnaldo Baptista, Rita Lee e Sérgio Dias e pelo poeta Torquato Neto (1944 – 1972) no final da década de 1960 no Brasil.

Em pé, da esquerda para direita: Jorge Ben Jor, Caetano Veloso, Gilberto Gil, Rita Lee e Gal Costa. Sentados, da esquerda para direita: Sérgio Dias e Arnaldo Baptista/Divulgação

A produção é composta por depoimentos recentes e imagens raras de arquivo. Os nomes do cantor e compositor Jorge Ben Jor, do cineasta Glauber Rocha (1939 – 1981) e do diretor teatral José Celso Martinez Corrêa também são citados no longa-metragem.

Emblemáticas canções tropicalistas como A Minha Menina, Alegria, Alegria, Baby, Panis et Circenses e Bat Macumba  aquecem a trilha sonora.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

O filme abriu a edição de 2012 do tradicional festival de documentários É Tudo Verdade e faturou o Prêmio Especial do Júri no 8º International Music & Film Festival (JIMFF), na Coreia do Sul. Além disso, o longa foi exibido em festivais como Telluride Film (EUA) e San Sebastián (Espanha).

“TropiTube” – Até o fechamento deste post, o trailer oficial de Tropicália contava com mais de com mais de 33.700 visualizações no seu canal oficial no YouTube. O vídeo foi publicado em 19 de junho deste ano na rede social do Google.

***

Tropicália | Hotsite Oficial
www.tropicaliaofilme.com.br

Pôster do documentário Tropicália/Reprodução

Gostou? Então, leia também
Grátis: Markus Popp ministra workshop de música eletrônica em SP
Festival Internacional de Literatura em Buenos Aires chega à quarta edição
Audição e pré-venda de novo disco de Bob
Dylan já estão disponíveis no iTunes

Mano Brown, Dexter, Edi Rock, Emicida e Shirley
Casa Verde fazem show gratuito em São Paulo

Conheça a sonzeira dos rappers Mano Brown,
Dexter, Emicida e Shirley Casa Verde

Revista da Taschen ganha versão para iPad
Novo livro de Mario Testino chega às prateleiras em 30/9
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
Gosta de fotografia? Siga a @gettygallery!
Pré-venda da megabox de CDs de Johnny Cash se inicia nesta sexta
Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos
A “peladice” de Lady Gaga versus a nudez de Madonna

Debora de Lucas


//

W3Counter

Anúncios

Romulo Fróes apresenta releitura de disco clássico de Caetano Veloso em show gratuito no CCJ

Indie que é indie sabe que neste sábado (9) vai rolar um show gratuito do cantor e compositor Romulo Fróes. A performance acontece às 20h, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ), na zona norte da cidade de São Paulo.

Músico Romulo Fróes, 41 anos/Everton Ballardin/Divulgação

O aclamado nome da cena independente da Nova Música Popular Brasileira vai apresentar o disco Transa (1972), de Caetano Veloso.

O artista dos álbuns No Chão Sem o Chão (2009) e Um Labirinto em Cada Pé (2011) aceitou a “empreitada”, mas vai realizá-la a seu modo.

“Vou fazer uma releitura. Quem for ao show esperando ouvir as músicas da forma que foram gravadas, irá se decepcionar”, confessou Fróes [@romulofroes] ao deborando.

Para justificar a “travessura”, o músico de 41 anos disse, em tom de brincadeira, que não consegue cantar como o compositor dos sucessos Alegria, Alegria, Menino do Rio e Cajuína.

O artista também afirmou que a “reciclagem “do disco clássico de Caetano converge com seu atual trabalho e que as sete faixas de Transa vão ser apresentadas de cabo a rabo (veja abaixo).

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Durante 60 minutos, o ex-Losango Cáqui vai dividir o palco com duas guitarras, um baixo, instrumentos de sopro e um cavaquinho.

Projeto Radiola Urbana 72 & ingressos
A performance faz parte do Radiola Urbana 72. O projeto do CCJ reapresenta discos lançados nos últimos 40 anos em shows e em programas de rádio.

Transa (1972), de Caetano Veloso/Reprodução

As entradas para o concerto de Romulo Fróes podem ser retiradas na recepção do espaço público, no próprio sábado, a partir das 19h.

>>>Faixa a faixa do disco Transa (1972),
de Caetano Veloso

1 – You Don’t Know Me | Caetano Veloso
2 – Nine Out of Ten | Caetano Veloso
3 – Triste Bahia | Caetano Veloso
e Gregório de Mattos

4 – It’s a Long Way | Caetano Veloso
5 – Mora na Filosofia | Monsueto Menezes e Arnaldo Passos
6 – Neolithic Man | Caetano Veloso
7 – Nostalgia (That’s What Rock’n’Roll Is All About) | Caetano Veloso

***

ROMULO FRÓES INTERPRETA TRANSA, DE CAETANO VELOSO
Data: 9 de junho (sábado) | Horário: às 20h
Quanto? Grátis. Os ingressos devem ser retirados no dia do evento, a partir das 19h, na recepção do CCJ. Até dois tickets por pessoa. É necessário apresentar documento com foto. | Lugares: 300 | Duração: 60 minutos
Classificação:
Maiores de 12 anos
Local: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ)
Avenida Deputado Emílio Carlos, 3.641
Vila Nova Cachoeirinha | São Paulo | SP
Telefone: (11) 3984-2466 | Como Chegar?

Centro Cultural da Juventude | Site oficial
ccjuve.prefeitura.sp.gov.br

Blog oficial | Romulo Fróes
www.umlabirintoemcadape.blogspot.com.br

Gostou? Então, leia também
Videoinstalação tem imagens inéditas do filme A Invenção de Hugo Cabret
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie
Galeira francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones
Curso gratuito do CCJ forma roadies em SP
Livros dos escritores Lima Barreto e Alcântara
Machado são distribuídos de graça em SP

7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012
Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato
CCJ premia roteiros de animação com R$ 10 mil
Os Vingadores da Marvel: um superfilme; uma máquina de fazer grana
Battleship: Irmãozinho de Transformers não conquista público brasileiro
Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma
filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada

Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS

Debora de Lucas


//

W3Counter

Rapper Criolo faz show gratuito no CCJ

Animem-se fãs do rapper Criolo! Às 20h do dia 3 de março (sábado), o músico fará uma apresentação gratuita no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ). O concerto acontecerá uma semana após a participação do MC no festival SP Representa.

Rapper Criolo, 35 anos/Daryan Dornelles/Divulgação

Os ingressos serão distribuídos no dia do espetáculo, a partir das 17h, na recepção do espaço público.

Cada pessoa terá direito a duas entradas, e, para assistir ao show, será necessário apresentar um documento com foto, informa o CCJ.

>>>Festival 20 Minutos: Inscrições para concurso musical de hip hop vão até 12/3

Pela primeira vez, o compositor e cantor de 35 anos levará seu segundo disco – Nó na Orelha – aos palcos do centro de cultura da região, ainda de acordo com o espaço público.

Os concertos nesse formato duram entre uma hora e meia e duas horas. Porém, a casa não soube precisar a duração do espetáculo.

O que se sabe é que Kleber Gomes, o Criolo [@criolomc], cantará suas músicas e passeará entre os gêneros samba, reggae, rap, afrobeat, bolero e romântico durante a apresentação.

De 2011 para cá…
Com 23 anos de estrada, o rapper foi aclamado pela crítica e pelo grande público em 2011. De lá para cá, virou figurinha fácil em revistas e jornais como, respectivamente, Trip e Folha de S. Paulo, cantou com Caetano Veloso, foi homenageado por Chico Buarque e arrematou três prêmios no VMB 2011 (Melhor Disco, Melhor Música e Revelação).

Nó na Orelha é o segundo CD do artista/Reprodução

O CD Nó na Orelha pode ser baixado de graça na web, e, com isso, o trabalho do artista rompeu fronteiras e ecoou por todo Brasil.

Além de shows pelo país, Criolo e o rapper Emicida se apresentarão em 25 de março, no Festival Grito Rock, em Buenos Aires (Argentina), segundo a página do rapaz no Facebook.

E por falar em redes sociais, o músico também arrasa nessa área. No site de relacionamento de Mark Zuckerberg, mais de 84 mil pessoas curtem a página do artista. No Twitter, o cantor tem mais de 31 mil seguidores. Sua página no YouTube conta com quatro vídeos e mais de 47 mil exibições.

A recente história e os números já anunciam que o nome do rapper fará parte do panteão da música brasileira. Nada mau para o filho da dona Vilani, nada mau para o mais ilustre morador do bairro de Grajaú.


AO VIVO NO CCJ: CRIOLO
Data: 3 de março (sábado) | Horário: às 20h
Quanto? Grátis. Os ingressos devem ser retirados no dia do evento, a partir das 17h, na recepção do CCJ. Até dois tickets por pessoa. É necessário apresentar documento com foto. | Lugares: 300
Local: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ)
Avenida Deputado Emílio Carlos, 3.641
Vila Nova Cachoeirinha | São Paulo | SP
Telefone: (11) 3984-2466 | Como Chegar?

Centro Cultural da Juventude | Site oficial
ccjuve.prefeitura.sp.gov.br

Criolo | Site oficial
www.criolo.net

>>>Baixe o álbum
Nó na Orelha, do rapper Criolo


>>>Criolo no Facebook  | >>>Criolo no Twitter


Gostou? Então, leia também
Inscrições para edição de hip hop do Festival 20 Minutos vão até 12/3
Projeto musical SP Representa volta em 2012 com 20 shows
Elefante Blanco: Novo longa de Pablo Trapero está em fase de pós-produção
Encenação gratuita de O Idiota rola até 10/3
Um raparigo chamado Gonçalo Teixeira
Millenium – Os Homens que Não Amavam as Mulheres é
a redenção de Daniel Craig e a consagração de Rooney Mara

CarnaSka: Apesar do excelente line up, organização maltrata público
Com Hentai, mundo erótico de Felipe Yung “Flip” ocupa MuBE
Macunaíma de Mário de Andrade ganha exposição gratuita em São Paulo
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
Ria com Laerte, Angeli, Adão e Sieber no Dia Nacional dos Quadrinhos
Terry Richardson: O olhar do badalado fotógrafo de moda na web
3MOTIVOSPARA… continuar lendo o deborando em 2012

Debora de Lucas


//

W3Counter

Gilberto Gil ganha acervo digital com mais de 30 mil itens

Não é novidade, mas o romance entre Gilberto Gil e internet está cada vez mais intrínseco. Depois de escrever uma canção em homenagem à web – “Pela Internet” – e ser um dos primeiros artistas brasileiros a criar seu próprio site, uma parte da obra e da vida do cantor e compositor ganhou  mais um lugar na rede: o Acervo Digital Gilberto Gil.

Gilberto Gil é um dos artistas mais prestigiados da Música Brasileira/Divulgação

A página gratuita reúne mais de 30 mil itens relacionados à trajetória do músico baiano de 69 anos, segundo o Instituto Antonio Carlos Jobim. Ao todo, há 12 mil fotos, 14.820 recortes de jornais e de revistas, 282 vídeos, 20 cadernos pessoais, 30 roteiros de shows, 43 letras manuscritas, 15 partituras – entre elas a do sucesso “Toda Menina Baiana” –, 28 cartazes de concertos, 505 cartas, entre outros documentos.

O trabalho de pesquisa, organização e digitalização durou 18 meses e foi realizado pela instituição carioca que também foi responsável pela digitalização do acervo dos músicos Tom Jobim, Dorival Caymmi e Chico Buarque  e do arquiteto Lúcio Costa. O projeto foi lançado no final do ano passado.

Setentinha!
Em 26 de junho, Gil completará 70 anos. O artista é dos um mais importantes da Música Brasileira. Seu trabalho solo e sua frutífera parceria com Caetano Veloso são admirados nacional e internacionalmente.

Manuscrito da música “Aquele Abraço”/Reprodução

Durante a carreira de mais de cinco décadas, o ex-ministro da Cultura lançou 58 discos e centenas de músicas – como “Refazenda”, “Expresso 2222”, “Aquele Abraço” e “Realce” – que se tornaram clássicos do cancioneiro brasileiro.

Acervo Digital Gilberto Gil | www.jobim.org/gil

Gilberto Gil | Site Oficial
www.gilbertogil.com.br

Gostou? Então, leia também
Sandra Bullock, não te desculpo!
Projeto musical SP Representa volta em 2012 com 20 shows
Cultura Livre SP avalia reagendamento de show gratuito de Zélia Duncan
Amy Winehouse é homenageada em exposição de galeria londrina
Gorillaz completa dez anos e lança coletânea
3MOTIVOSPARA… continuar lendo o deborando em 2012
Inscrições para exposição Batom, Lápis e TPM 2012 já estão abertas

Debora de Lucas


//

W3Counter

Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como aqui e agora

Me desculpem os leitores mais jovens, mas comprar discos ainda é o máximo. Escrevi discos quando, na verdade, deveria ter escrito CDs. Foi um ato falho de uma amante de música que, já aos 12 anos, comprava seus primeiros LPs e fitas cassetes.

Capa do DVD + CD  de Ivete Sangalo/Reprodução

Baixar canções pela web é moderno e bacana. No entanto, entrar em uma loja de discos procurando um álbum e esbarrar em um outro tão importante – e momentaneamente esquecido – é um prazer indescritível.

Melhor ainda quando a loja oferece CDs novos e originais a preços que variam entre R$ 6 e R$ 17,90.

Não estou brincando. É possível fazer compras assim na região da Avenida Paulista, coração da cidade de São Paulo. Na área, há três lojas que devem ser visitadas por quem ama discos: a BRJ CDs e DVDs, a Fnac Paulista e a Musical CDs (os endereços seguem abaixo).

A BRJ é a menorzinha de todas e fica perto do cruzamento entre a Paulista e a Avenida Brigadeiro Luis Antônio. Com um estoque bem servido, o ponto apresenta ofertas nos gêneros rock, MPB, bossa nova, sertanejo, pop, samba, jazz, blues, axé, heavy metal, entre outros.

O CD “Live at Yoyogi Nation Stadium Tokio”, do Queen, custa R$ 10. Assim como “Bicho”, de Caetano Veloso, “Vagabond Heart Tour”, de Rod Stewart, “E = MC²”, de Mariah Carey, “Home” (DVD + CD), do Simple Red, e “Songs About Girls”, de Will.i.am.

“Do Cóccix ao Pescoço”, de Elza Soares, “Uma Outra Estação”, da Legião Urbana, “Redenção”, do Fresno, “Agora”, do NXZero, e mais uma centena de títulos também saem por apenas R$ 10 cada.

Porém, há opções mais baratas como “Segundo”, de Maria Rita, por R$ 6, e mais caras como “Ao Vivo no Madison Square Garden” (DVD + CD), de Ivete Sangalo, por R$ 16,90, por exemplo.

Da megastore com ares cult
Ninguém acredita, mas a Fnac é uma parada importante. O saldão da loja Paulista – que fica no setor de música, embaixo das escadas rolantes – se iniciou no final de semana passado. Por enquanto, o espaço não oferece grandes ofertas. Atualmente, a melhor promoção é o CD “Bailão do Ruivão”, de Nando Reis, por R$ 11,60.

No entanto, é bom ficar de olho. Em 2008, comprei a trilha sonora do filme “Gigolô Americano” por R$ 4,90. Segundo os funcionários da megastore francesa, a seção receberá novos itens até o final do ano e a intenção da empresa é queimar todo o estoque.

… à loja na Augusta
Em frente ao complexo de cinema Espaço Unibanco Augusta, está a Musical CDs. Como a BRJ, a loja apresenta um estoque diversificado, com álbuns de vários ritmos. Mas, o ponto forte do estabelecimento é música brasileira seja rock, MPB, Bossa Nova ou pop.

Lá, é possível encontrar o “Acústico MTV”, de Paulinho da Viola, e o “Falso Brilhante”, de Elis Regina, por R$ 15 cada. “Acabou Chorare”, dos Novos Baianos, a R$ 12. Clássicos do selo Elenco como “Nara”, de Nara Leão, custam R$ 16.

Ainda na seara dos artistas brasileiros, se encontram “Signo do Ar”, de Jorge Vercillo, “Gonzaguinha”, de Luiz Gonzaga Jr. e “Acústico MTV”, de Sandy & Junior, a R$ 7 cada.

“Live at Olympia”, de Ray Charles, “MTV Hard Rock Live”, do Simple Plan (ambos, R$ 8), e “Doggstyle”, de Snoop Dogg (R$ 6) são algumas das apostas gringas do saldão da loja.

É uma festa, porém, as coisas não são tão simples. Para “pescar” ofertas semelhantes a essas, é necessário ter tempo e disposição para procurar “pérolas” – como as apontadas acima – nas bancadas e nas prateleiras dos estabelecimentos.

No entanto, o esforço vale a pena. Só tome cuidado para não se empolgar e gastar parte de suas economias em discos.

***

Mais uma! – Por fora, corre a Americanas Express Paulista. Como as outras unidades da rede, a loja oferece CDs a preços atrativos como “Sale el Sol”, o mais recente trabalho da cantora Shakira, por R$ 14,90.

Além dessa promo, mais de dez discos do catálogo de Roberto Carlos estão sendo vendidos pelo mesmo valor. Há mais ofertas, mas é preciso encarar a “pescaria” no estabelecimento que também vende eletrodomésticos, eletroeletrônicos chocolates, roupas e brinquedos.

***

Americanas Express Paulista
Avenida Paulista, 320
São Paulo | São Paulo
Tel. (11) 3587-9357
Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 8h às 20h, e aos domingos, das 10h às 18h
www.americanas.com.br


BRJ CDs e DVDs

Avenida Paulista, 657
São Paulo | São Paulo
Tel. (11) 3253-4990
Horário de funcionamento: de segunda a sexta-feira, das 9h às 21h, aos sábados, das 9h às 19h, e aos domingos, das 10h às 16h


Fnac Paulista

Avenida Paulista, 901
São Paulo | São Paulo
Tel. (11) 2123-2000
Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 10h às 22h, aos domingos, das 12h às 21h
www.fnac.com.br


Musical CDs
 [fechou!]

Rua Augusta, 1478
São Paulo | São Paulo
Tel (11) 2538-9112
e-mail: rwaugusta@terra.com.br
Horário de funcionamento: de segunda-feira a sábado, das 9h às 22h, e aos domingos, das 10h às 22h (no entanto, se o movimento estiver fraco, fecha mais cedo)


Gostou? Então, leia também

Três motivos para curtir o fim de semana em São Paulo de Metrô
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
“Atividade Paranormal 3” supera precursores da franquia
Três motivos para continuar escutando Legião Urbana
Em livro, pai de Amy Winehouse vai contar história real da cantora
Três motivos para venerar Guns N’ Roses
Pré-venda de ingressos para documentário inédito dos Stones se inicia
Três motivos para adorar Debbie Harry
Taylor Lautner, o lobinho que quer ser gente grande

Debora de Lucas


//

W3Counter

A gênese, a ascensão, a “morte” e a ressurreição do grupo Atitude

Você tem o DVD do grupo Atitude?
– Tenho.
– Quanto custa?
– Cinco reais.
– Eu sou do grupo.
– Pô, cara! Cê não vai chamar a polícia, né?
– Não. Tá vendendo bem?
– Sim, pra burro.
– Beleza. Quero levar uns DVDs, mas você vai me fazer um desconto.
– Pra você, faço um real cada.
– Então me dá 50.

***

O diálogo acima ocorreu em julho deste ano. O vocalista, compositor e pandeirista do Atitude, Pedro Pimenta, se deparou com o primeiro DVD do octeto de Campo Grande na banca de um camelô da cidade.

O fato seria corriqueiro se o “Luau Ao Vivo” tivesse sido lançado em lojas. No entanto, o registro do concerto de 2009 nunca chegou às prateleiras porque foi gravado como trabalho de conclusão de curso (TCC) de Vicente Mello e nunca colocado à venda.

 O grupo Atitude apresenta canções próprias e covers no “Luau Ao Vivo”/Frame

O DVD de 64 minutos apresenta 14 canções entre composições próprias – “Só Me Levar” (Pedro Pimenta), “Linda Demais” (Rômulo Régis e Pedro Pimenta) e “Paixão da Minha Vida” (Gabriel Pereira e Rômulo Régis) – e covers – “Você Não Entende Nada” (Caetano Veloso), “Não Chore Mais” (Bob Marley/Gilberto Gil) e “Zóio de Lula” (Charlie Brown Jr.).

Grana, sucesso e “morte”
O Atitude se formou em 2003 e seus músicos – influenciados por nomes como Arlindo Cruz, Bebeto, Jorge Ben Jor, Sabotage, Racionais MC’s, Marcelo D2, Black Alien, Bezerra da Silva, Chico Buarque e Tom Jobim – criaram uma sonoridade inclassificável que poderia ser chamada de “samba-pagode-rap-pop”. A patota se desfez oficialmente em 2008, quando três integrantes saíram da cidade para fazer faculdade.

Durante esses cinco anos, os meninos chegaram a fazer cerca de 12 apresentações por mês, receber até R$ 3,5 mil de cachê por show, colocar 1.200 pagantes em casas noturnas e levar seu som aos palcos de Campo Grande e de outras cidades mato-grossenses-do-sul como Bonito e Corumbá.

Além disso, o grupo se apresentou em programas locais de TV e rádio e abriu shows de Dudu Nobre e dos grupos Exaltasamba e Inimigos da HP na região.

Mesmo após a “pequena morte”, o octeto formado por Pedrinho, Karan Cavallero (vocais), Rômulo Régis (vocais e violão), Leandro Martins (vocais e reco), Gabriel Pereira (o GP, vocais e repique), Henrique Gaban (vocais e cavaco), Marcos Avila (o Pingo, rebolo) e Henrique Regenold (o Rege, surdo, beatbox e vocais de rap) ainda está na pista.

Revivals e a força do YouTube
O Atitude se reúne duas vezes por ano para matar saudades e fazer apresentações para seus fãs. Os admiradores do grupo são responsáveis pelas mais de 29.330 visualizações da canção “Só Me Levar”, no YouTube.

Depois do “hit”, as músicas “Quinto Andar” e “Alô Gatinha” contam com, respectivamente, 25.460 e 18.400 exibições. Até o fechamento deste post, os vídeos totalizam cerca 73.160 mil de visualizações. Uma marca bem boa para uma banda local.

No fim do ano, o octeto de Campo Grande e a banda de samba rock Curimba farão um tributo ao sambista Bezerra da Silva. A festa ainda não tem data marcada, mas, se depender do passado e dos números no YouTube do Atitude, será um sucesso.

>>>Mais informações sobre o tributo a Bezerra da Silva com Pedro Pimenta

Gostou? Então, leia também
Adeus Steve Jobs, adeus Mestre do Reino Encantado da Maçã Mordida
“Amizade Colorida” é uma comédia romântica cheia de personalidade
traição.com: infidelidade ganha aliados na internet
Três motivos para adorar Debbie Harry

Enquanto R.E.M. sai de cena, Nirvana triunfa sobre a morte
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana
Três motivos para não esquecer Marlon Brando
Filme sobre vida de Paulo Coelho volta a se tornar notícia
“Missão Madrinha de Casamento” não é versão “Se Beber, Não Case!”
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina

Debora de Lucas


//

W3Counter

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: