Pré-venda online da megabox de CDs de Johnny Cash se inicia nesta sexta

A pré-venda online da megabox Johnny Cash: Complete Columbia Albums Collection se iniciou nesta sexta-feira (24). A caixa com 61 discos do eterno Homem de Negro custa US$ 329,99 (cerca de R$ 670, sem as taxas de entrega) e está prevista para chegar às lojas em 30 de outubro, segundo a gravadora Sony Music.

O lado terno de Johnny Cash, o eterno Homem de Preto/Reprodução

A coleção apresenta todos os álbuns gravados pelo cantor e compositor country Johnny Cash (1932 – 2003) na Columbia Records (veja lista completa abaixo).

Ao todo, são 59 discos originais – de The Fabulous Johnny Cash (1958) a Highwayman 2, com Waylon Jennings, Willie Nelson e Kris Kristofferson (1990) – e dois álbuns bônus – Johnny Cash With His Hot & Blue Guitar (1955–58) e The Singles, Plus (1958-85).

Ainda de acordo com a Sony Music, a supercaixa traz 35 discos nunca lançados no formato CD nos Estados Unidos, e cada uma das 61 embalagens reproduz a arte original dos LPs.

Além disso, a Johnny Cash: Complete Columbia Albums Collection conta com uma minibiografia do astro e um livrete com informações discográficas completas como datas de gravações dos trabalhos e posições na Billboard.

DISCOS QUE COMPÕEM A SUPERCAIXA JOHNNY CASH:
THE COMPLETE COLUMBIA ALBUM COLLECTION

1 | The Fabulous Johnny Cash (1958)
2 | Hymns By Johnny Cash (1959)
3 | Songs Of Our Soil (1959)
4 | Now There Was A Song (1960)
5 | Ride This Train (1960)
6 | Hymns From The Heart (1961)
7 | The Sound Of Johnny Cash (1962)
8 | Blood, Sweat And Tears (1962)
9 | Ring Of Fire: The Best Of Johnny Cash (1963)
10 | The Christmas Spirit (1963)
11 | Keep On The Sunny Side by the Carter Family (1963)
12 | I Walk The Line (1964)
13 | Bitter Tears: Johnny Cash Sings Ballads Of (1964)
14 | Orange Blossom Special (1964)
15 | Johnny Cash Sings The Ballads Of The True West (1965)
16 | Everybody Loves A Nut (1966)
17 | Happiness Is You (1966)
18 | Carryin’ On With Johnny Cash and June Carter (1967)
19 | From Sea To Shining Sea (1967)
20 | Johnny Cash At Folsom Prison [Live] (1968)
21 | The Holy Land (1968)
22 | Johnny Cash At San Quentin [Live] (1969)
23 | Hello, I’m Johnny Cash (1970)
24 | The Johnny Cash Show (1970)
25 | I Walk The Line Original Soundtrack (1970)
26 | Little Fauss and Big Halsey Original Soundtrack (1970)
27 | Man In Black (1971)
28 | A Thing Called Love (1972)
29 | America – A 200-Year Salute In Story and Song (1972)
30 | Christmas – The Johnny Cash Family (1972)

A megabox Johnny Cash: Complete Columbia Albums Collection/Reprodução

31 | Any Old Wind That Blows (1972)
32 | The Gospel Road [2 CDs] (1973)
33 | Johnny Cash and His Woman (1973)
34 | Johnny Cash pa Osteraker (1973)
35 | Ragged Old Flag (1974)
36 | The Junkie And The Juicehead Minus Me (1974)
37 | The Johnny Cash Children’s Album (1975)
38 | Johnny Cash Sings Precious Memories (1975)
39 | John R. Cash (1975)
40 | Look At Them Beans (1975)
41 | Strawberry Cake [Live] (1976)
42 | One Piece At A Time (1976)
43 | The Last Gunfighter Ballad (1977)
44 | The Rambler (1977)
45 | I Would Like To See You Again (1978)
46 | Gone Girl (1978)
47 | Silver (1979)
48 | Rockabilly Blues (1980)
49 | Classic Christmas (1980)
50 | The Baron (1981)
51 | The Survivors Johnny Cash + Jerry Lee Lewis + Carl Perkins [Live] (1982)
52 | The Adventures Of Johnny Cash (1982)
53 | Johnny 99 (1983)
54 | Koncert V Praze – In Prague Live (1983)
56 | Highwayman – Waylon Jennings + Willie Nelson + Johnny Cash + Kris Kristofferson (1985)
57 | Heroes with Waylon Jennings (1986)
58 | Highwayman 2 – Waylon Jennings + Willie Nelson + Kris Kristofferson + Johnny Cash (1990)
59 | At Madison Square Garden [Live] in 1969 (2002)
60 | Johnny Cash With His Hot & Blue Guitar 1955-58 (2012)
61 | The Singles, Plus 1958-85 [2 CDs] (2012)

>>>Pré-venda online de Johnny Cash: Complete Columbia Albums Collection

Johnny Cash | Site Oficial [em inglês]
www.johnnycash.com

Gostou? Então, leia também
Disco clássico The Velvet Underground & Nico ganha reedição turbinada

Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos
Axl Rose celebra temporada de shows do Guns em Las Vegas
Revista da Taschen ganha versão para iPad

Irmãos Sabatino levam saltos acrobáticos ao CCJ
Novo livro de Mario Testino chega às prateleiras em 30/9
Gosta de fotografia? Siga a @gettygallery!
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Mostra apresenta transformação de Norma Jeane em Marilyn Monroe
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Kristen Stewart e seu lado B
Grátis: Fernanda Montenegro leva peça ao interior de SP

Debora de Lucas


//

W3Counter

Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos

Em boa forma e com dezenas de fotos de divulgação “photoshopadas”, a cantora Madonna completa 54 anos nesta quinta-feira (16). Dona de uma das carreiras mais bem-sucedidas do mundo pop, neste ano, a loira se rendeu definitivamente às redes sociais.

Madonna, a Rainha do Pop, aos 54 anos/Reprodução

Até 2011, a estrela esnobava o Twitter – ela nem tinha uma conta no microblog! – e subestimava a força do Facebook.

A mudança aconteceu com o lançamento do disco MDNA. O 12° álbum de estúdio chegou às prateleiras em 26 de março e reposicionou a Rainha do Pop no universo digital.

Para bombar o novo CD e não ficar atrás de concorrentes-garotonas como Lady Gaga, Rihanna, Britney Spears e Beyoncé, a norte-americana promoveu dois “tweet-chats” com seus fãs e turbinou o conteúdo de sua página no ciberespaço de Mark Zuckerberg. A partir disso, não parou mais.

Hoje, a eterna Material Girl está nas sete redes sociais mais importantes (veja lista completa abaixo), possui apps para iPhone e iPad e tem um site oficial bacanudo que, desde 2000, é constantemente atualizado com textos, fotos e vídeos.

Futuro próximo
De folga nesta quinta, Madonna volta aos palcos com a turnê MDNA no sábado (18), em Zurique, Suíça. A série de apresentações desembarcará no Brasil em dezembro e passará pelas cidades do Rio de Janeiro (2), São Paulo (4 e 5) e Porto Alegre (9). Há ingressos para todas as datas, mais informações no site da diva.

Ainda em 2012, o primeiro disco da estrela – Madonna – chega aos 30 anos em 30 de novembro. O álbum de dez faixas é conhecido pelos hits Everybody, Holiday, Borderline, Lucky Star e Burning Up.

Além disso, o polêmico livro de fotos Sex completa 20 anos em 21 de outubro. Na obra de 134 páginas, a loira encarna Mistress Dita. A personagem mergulha em aventuras sexuais cheias de sadomasoquismo, lesbianismo, homossexualidade, orgias e ménages à trois no título esgotado.

A Rainha do Pop não decidiu se irá reeditar a obra que, em 1992, engordou consideravelmente sua conta bancária.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Até agora, este é o último capítulo da vida dessa leoa que, com quatro filhos e mais de 30 anos de carreira, conquistou o mundo e detém a 10ª posição, do Top 100 Celebridades, da revista Forbes.

***

CANAIS E CONTAS OFICIAIS DE MADONNA NAS REDES SOCIAIS
+ Facebook > www.facebook.com/madonna
+ Twitter > @MadonnaMDNAday
+ YouTube > www.youtube.com/madonna
+ G+ [Google Plus] > plus.google.com/101336441946387245415
+ Flickr > www.flickr.com/photos/madonnaphotos
+ MySpace > www.myspace.com/madonna
+ Foursquare > www.foursquare.com/madonna

*Post originalmente publicado no deboradelucas.tumblr.com em 16 de agosto.

Gostou? Então, leia também
Madonna: Livro de fotos Sex completa 20 anos
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, “Give Me All Your Love”, vaza na web. Será?
Cartunista Adão Iturrusgarai lança autobiografia em SP
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Mostra apresenta transformação de Norma Jeane em Marilyn Monroe
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Criolo, Rodrigo Campos e Kiko Dinucci abrem 2ª
edição do Estéticas das Periferias com show no CCJ
Kristen Stewart e seu lado B
Grátis: Fernanda Montenegro leva peça ao interior de SP
File 2012 vai até 19/8 em São Paulo

Debora de Lucas


//

W3Counter

Romulo Fróes apresenta releitura de disco clássico de Caetano Veloso em show gratuito no CCJ

Indie que é indie sabe que neste sábado (9) vai rolar um show gratuito do cantor e compositor Romulo Fróes. A performance acontece às 20h, no Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ), na zona norte da cidade de São Paulo.

Músico Romulo Fróes, 41 anos/Everton Ballardin/Divulgação

O aclamado nome da cena independente da Nova Música Popular Brasileira vai apresentar o disco Transa (1972), de Caetano Veloso.

O artista dos álbuns No Chão Sem o Chão (2009) e Um Labirinto em Cada Pé (2011) aceitou a “empreitada”, mas vai realizá-la a seu modo.

“Vou fazer uma releitura. Quem for ao show esperando ouvir as músicas da forma que foram gravadas, irá se decepcionar”, confessou Fróes [@romulofroes] ao deborando.

Para justificar a “travessura”, o músico de 41 anos disse, em tom de brincadeira, que não consegue cantar como o compositor dos sucessos Alegria, Alegria, Menino do Rio e Cajuína.

O artista também afirmou que a “reciclagem “do disco clássico de Caetano converge com seu atual trabalho e que as sete faixas de Transa vão ser apresentadas de cabo a rabo (veja abaixo).

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Durante 60 minutos, o ex-Losango Cáqui vai dividir o palco com duas guitarras, um baixo, instrumentos de sopro e um cavaquinho.

Projeto Radiola Urbana 72 & ingressos
A performance faz parte do Radiola Urbana 72. O projeto do CCJ reapresenta discos lançados nos últimos 40 anos em shows e em programas de rádio.

Transa (1972), de Caetano Veloso/Reprodução

As entradas para o concerto de Romulo Fróes podem ser retiradas na recepção do espaço público, no próprio sábado, a partir das 19h.

>>>Faixa a faixa do disco Transa (1972),
de Caetano Veloso

1 – You Don’t Know Me | Caetano Veloso
2 – Nine Out of Ten | Caetano Veloso
3 – Triste Bahia | Caetano Veloso
e Gregório de Mattos

4 – It’s a Long Way | Caetano Veloso
5 – Mora na Filosofia | Monsueto Menezes e Arnaldo Passos
6 – Neolithic Man | Caetano Veloso
7 – Nostalgia (That’s What Rock’n’Roll Is All About) | Caetano Veloso

***

ROMULO FRÓES INTERPRETA TRANSA, DE CAETANO VELOSO
Data: 9 de junho (sábado) | Horário: às 20h
Quanto? Grátis. Os ingressos devem ser retirados no dia do evento, a partir das 19h, na recepção do CCJ. Até dois tickets por pessoa. É necessário apresentar documento com foto. | Lugares: 300 | Duração: 60 minutos
Classificação:
Maiores de 12 anos
Local: Centro Cultural da Juventude Ruth Cardoso (CCJ)
Avenida Deputado Emílio Carlos, 3.641
Vila Nova Cachoeirinha | São Paulo | SP
Telefone: (11) 3984-2466 | Como Chegar?

Centro Cultural da Juventude | Site oficial
ccjuve.prefeitura.sp.gov.br

Blog oficial | Romulo Fróes
www.umlabirintoemcadape.blogspot.com.br

Gostou? Então, leia também
Videoinstalação tem imagens inéditas do filme A Invenção de Hugo Cabret
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie
Galeira francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones
Curso gratuito do CCJ forma roadies em SP
Livros dos escritores Lima Barreto e Alcântara
Machado são distribuídos de graça em SP

7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012
Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato
CCJ premia roteiros de animação com R$ 10 mil
Os Vingadores da Marvel: um superfilme; uma máquina de fazer grana
Battleship: Irmãozinho de Transformers não conquista público brasileiro
Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma
filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada

Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS

Debora de Lucas


//

W3Counter

MDNA: Madonna revela capa de novo CD; relembre as “caras” dos outros discos da Rainha do Pop

Ela já anunciou que seu novo single, Give Me All Your Luvin’ será lançado na sexta-feira (3/2).

No ano passado, chorou pelo vazamento na web da versão demo da música – que conta com as participações das cantoras de hip hop Nicki Minaj e M.I.A. Em 26 de janeiro, disponibilizou um vídeo promocional que traz cenas das gravações de seu mais novo CD: MDNA. Na segunda-feira (30), revelou em seu site a capa desse disco, que é o seu 12º de estúdio. Madonna está de volta.

Capa MDNA média 375X375

MDNA, 12° álbum de estúdio de Madonna/Reprodução

VEJA! Relembre as capas dos discos da Rainha do Pop

A pré-venda mundial do álbum será feita pelo iTunes, informa a página oficial da Rainha do Pop na internet.

Na loja virtual, o internauta encontrará a edição deluxe – com 18 faixas – que inclui um remix exclusivo (cujo  nome não foi anunciado até o momento), completa

O remix poderá ser comprado de 3 a 6 de fevereiro. Durante o período, o CD custará US$ 9,99 (cerca de R$ 17,40), e a música Give Me All Your Luvin’ poderá ser baixada no ato, completa.

American Idols + YouTube + Super Bowl
Mas não para por aí. A estratégia de divulgação também conta o lançamento do videoclipe do single no programa American Idols, nesta quinta-feira (2/2), nos Estados Unidos. Um dia depois (3/2), Give Me All Your Luvin’ estreia no canal do YouTube da cantora. O vídeo foi dirigido por Megaforce e é inspirado no futebol americano e em cheerleaders.

No dia 5 do mesmo mês, a loira fará uma performance de meia hora na 46ª edição do evento esportivo Super Bowl. Segundo a revista americana NFL, o repertório de Madonna poderá ser composto pelas canções Give Me All Your Luvin’, Ray of Light, Vogue e Holiday.

Futuro da realeza
MDNA será o primeiro disco da cantora sem o aporte da Warner Music, gravadora da artista por mais de 25 anos. Com a internet bombando e o novo modelo de negócio do show business atrelado à web, Madonna resolveu encerrar o contrato com a casa. A coletânea Celebration (2009) finalizou a relação entre a Rainha do Pop e a empresa.

Rainha do Pop se diverte com nome do novo single/Divulgação

A mídia especializada gringa afirma que a loira escolheu lançar seu novo disco em 2012 porque sabia que as suas “competidoras” estariam fora do páreo.

Beyoncé colocou nas prateleiras seu quarto trabalho solo de estúdio, 4, no ano passado e agora curte a licença maternidade.

Lady Gaga dominou
o mundo em 2011 com os CDs Born This Way e Born This Way: The Remix e a turnê mundial Monster Ball.

Christina Aguilera é carta fora do baralho.

Britney Spears lançou o álbum Femme Fatale, rodou o planeta com a tour homônima e, como sempre, engordou a ponto de não caber nos figurinos e depois emagreceu.

E Madonna? Continua linda, soberana e majestosa em seu trono. E, com o lançamento de MDNA, veremos se ela ainda merece o posto de Rainha do Pop.

***

Madonna | Site oficial
www.madonna.com

Madona no iTunes
www.itunes.com/madonna

Madonna no YouTube | Canal oficial
www.youtube.com/madonna

*Atualizado às 8h22, em 1° de fevereiro de 2012.

Gostou? Então, leia também
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDS da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web
Ria com Laerte, Angeli, Adão e Sieber no Dia Nacional dos Quadrinhos

Show de Os Paralamas do Sucesso abrilhanta aniversário de 458 anos de SP
Exposição Help-Portrait mostra a cara dos paulistanos excluídos
Be ‘mais’ cool! Faça um curso de arte on line do MoMA
3MOTIVOSPARA… fugir do filme A Hora da Escuridão
Monique do BBB 12: De possível vítima a puta
Sandra Bullock, não te desculpo!
Blecaute de 18/1, o dia do não ao SOPA e ao Pipa
Terry Richardson: O olhar do badalado fotógrafo de moda na web
Inscrições para salão de humor World Press Cartoons 2012 vão até 31/1
Projeto musical SP Representa volta em 2012 com 20 shows
3MOTIVOSPARA… continuar lendo o deborando em 2012

Debora de Lucas


//

W3Counter

De MDNA a Madonna: relembre as capas dos álbuns da Rainha do Pop

As capas dos discos de Madonna retratam a trajetória da cantora de 53 anos e contam um pouco da história da música pop dos Estados Unidos.

Com MDNA, a Rainha do Pop chega à marca de doze discos de estúdio e 30 anos de carreira. Junto com as coletâneas e os álbuns ao vivo, a discografia da loira contabiliza vinte títulos. Porém, o que importa agora são as capas desses 12 trabalhos pois eles construíram e mantiveram a eterna Material Girl no topo.

***

[12º] MDNA (2012): A sonoridade ainda é uma incógnita. O disco chegará ao iTunes em 3 de fevereiro. A capa do álbum é revelada pela cantora em 30 de janeiro de 2012 em seu site e em sua página no Facebook | Single: Give Me All Your Luvin’.

[11º] Hard Candy (2008): Com elementos do hip hop e da música eletrônica, Hard Candy conquista as paradas mundiais. O disco conta com participações de Justin Timberlake, Kanye West e Timbaland.

A foto da capa apresenta uma Madonna boxeadora, exibindo o cinturão de número um do mundo e pronta para brigar com as suas competidoras. | Hits: 4 Minutes, Give It 2 Me, Miles Aways e Beat Goes On.

[10º] Confessions on a Dancefloor (2005): Graças ao álbum, a disco music volta às pistas e às rádios do planeta. O single Hung Up contém um sample de Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight), do grupo ABBA, e se torna o babado do ano.

Por conta do figurino dessa Madonna ruiva, o collant (ou body) volta ao guarda-roupa feminino| Hits: Hung Up, Get Together, Sorry, I Love New York e Jump.

[9º] American Life (2003): Beligerante, o CD é contra o governo do então presidente norte-americano George W. Bush. Sutilmente caracterizada como uma índia, Madonna tenta resgatar o espírito originário dos Estados Unidos. A canção Die Another Day compõe a trilha sonora do filme 007 – Um Novo Dia Para Morrer. | Hits: American Life, Hollywood, Nobody Knows Me e Die Another Day.

[8º] Music (2000): A terceira investida de Madonna no mundo da música eletrônica. Seu visual de cowgirl ressuscita a moda country. | Hits: Music, Don’t Tell Me e What It Feels Like For a Girl.

[7º] Ray of Light (1998): A mescla entre música eletrônica, pop e espiritualidade funciona. A crítica especializada considera Ray of Light como um dos melhores discos da artista.

O trabalho ganha o Grammy de Melhor Álbum Pop de 1998 e apresenta uma nova Madonna. Agora ela é uma mulher centrada, serena e espiritualizada.

A outrora católica se converte à Cabala e, consigo, arrasta uma legião de fãs à filosofia judaica. De forma implícita, o disco foi dedicado a Lourdes Maria, primeira filha da cantora. | Hits: Ray of Light, Frozen, The Power of Goodbye e Nothing Really Matters.

[6º] Bedtime Stories (1994): Primeiro flerte de Madonna com a música eletrônica. A faixa-título do álbum é uma parceria entre a Material Girl e a cantora islandesa Björk. | Hits: Secret, Don’t Stop, Human Nature e Take a Bow.

[5º] Erotica (1992): Com o título de Rainha do Pop, Madonna explora a sexualidade e a nudez ao máximo no disco, nos videoclipes, nas entrevistas, nas fotos de divulgação e na própria capa do disco.

Artisticamente, o álbum é irmão do livro de fotos eróticas Sex (também de autoria de Madonna). Depois disso, a cantora não voltaria a esse universo. O trabalho é a primeira produção de Maverick, selo musical da artista | Hits: Erotica, Fever, Depper and Depper, Bad Girl e Rain.

[4º] Like a Prayer (1989): Disco forte e cheio de simbolismos. Pela primeira vez, os críticos elogiam um álbum de Madonna. Para eles, Like a Prayer representa a maturidade musical da loira.

Apesar disso, o vídeo da faixa-título do LP é extremamente criticado pela Igreja Católica. No clipe – que debate o racismo nos Estados Unidos -, Madonna beija um santo negro.

O trabalho também marca o fim do casamento da cantora com o ator Sean Penn. A capa do disco é a única da discografia da artista em que ela não mostra o rosto | Hits: Like a Prayer, Express Yourself, Cherish e Oh Father.

[3º] True Blue (1986): Apesar da polêmica música Papa Don’t Preach, o disco é um dos mais românticos da cantora. Madonna acaba de se casar com o ator Sean Penn e está muito feliz. A foto da capa demonstra esse período leve e suave. | Hits: True Blue, Open Your Heart, Papa Don’t Preach, Live to Tell e La Isla Bonita.

[2º] Like A Virgin (1984): Com ares de pop star, Madonna se veste de noiva punk e começa a fundir sexualidade e música. O visual com muitos crucifixos e lingeries à mostra conquista o mundo e dá início à Madonnamania. | Hits: Like a Virgin, Material Girl e Dress You Up.

[1º] Madonna (1982): O álbum traz o vigor dos anos 1980. No trabalho, a loira brinca com as sonoridades pop e new wave. O foco da capa é apresentar o rosto de Madonna. | Hits: Everbody, Holiday, Lucky Star, Bordeline e Burning Up.

Gostou? Então, leia também
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web

(Debora de Lucas | @deboradelucas) | Créditos das imagens: Reprodução

Nova música de Madonna, “Give Me All Your Love”, vaza na web. Será?

Ou os hackers têm uma fixação louca pelas músicas inéditas de Madonna ou a equipe da cantora é muito relapsa ou a Rainha do Pop disponibiliza as próprias faixas na rede em troca de publicidade gratuita. Desde 2000 – ano de lançamento do disco “Music” –, sempre há uma nova canção da Material Girl “vazada” na web.

Madonna sabe se fazer de sonsa. Quanto necessário, mente e representa/David Shankbone/Wikimedia Commons

Madonna sabe se fazer de sonsa. Quanto necessário, mente e representa/David Shankbone/Wikimedia Commons

Na noite da última terça-feira (8), foi a vez de “Give Me All Your Love”. A faixa é uma versão demo do primeiro single do próximo álbum da loira de 53 anos (leia mais a seguir).

MDNA: Madonna revela capa de novo CD

Relembre as “caras” dos discos da cantora

Das três hipóteses apresentadas no início deste post, a última é a cara de Madonna.

Vamos falar a verdade: como uma canção inédita de uma artista que se blinda tanto cairia do nada na rede? Se fosse a primeira vez, tudo bem. No entanto, Madonna está contanto essa história de “minha música vazou na internet” há mais de dez anos.

Nesta quarta-feira (9), enquanto o vazamento de “Give Me All Your Love” era notícia em todo mundo, o site da cantora não apresentava um comunicado oficial. O empresário da diva Guy Oseary escreveu no Twitter que a loira estava triste com o ocorrido e que acreditava que os seus fãs verdadeiros jamais a exporiam dessa forma. Que álibis perfeitos, não?

A estrela sabe se fazer de sonsa e tem o hábito de representar e mentir quanto é necessário. Vamos dar um desconto, ela não seria quem é se não utilizasse esses artifícios.

Verdades inconvenientes
No livro “A Vida com Minha Irmã Madonna”, o irmão da artista Christopher Ciccone revelou que a maioria das cenas da intimidade da cantora e dos bastidores da turnê “Blond Ambition” – no documentário “Na Cama com Madonna” – foi encenada. Como, por exemplo, quando ela telefonou para o seu pai e lhe convidou para seu concerto, quando foi ao cemitério visitar a mãe e quando a polícia canadense tentou impedir sua apresentação em Toronto por obscenidade.

Na biografia não autorizada “Madonna – 50 Anos”, a autora Lucy O’ Brien contou que o hit “Justify My Love” não foi escrito pela cantora, mas sim, por Ingrid Chavez. Além disso, a compositora alegou que a Material Girl copiou seus vocais para a canção. Depois de um acordo judicial, a musa pop concordou em conceder os créditos da música à Ingrid.

Essas são algumas das centenas de manchas no currículo da mãe de Lourdes Maria, Rocco, David Banda e Mercy James que nos fazem pensar que quando se fala de Madonna, tudo é possível.

A Rainha do Pop dando um duro em um dos shows da turnê Confessions/Wikimedia Commons

E convenhamos, 2011 não está sendo um ano muito bom para a loira. Sua ONG afundou, seu filme “W.E.” foi mal recebido nos festivais de Veneza e Toronto e, musicalmente, a diva não lançou nada. Os pontos positivos estão ligados ao universo da moda e do life style que a artista abocanhou como uma leoa.

Para azedar ainda mais, a cantora pop Lady Gaga está deitando e rolando. Só neste ano, a nova-iorquina já faturou mais de US$ 90 bilhões (cerca de R$ 158 bilhões), lançou o CD “Born This Way”, excursionou por todo o mundo com a turnê Monster Ball, lançou videoclipes como “Judas” e “Yöu and I”, entre outras peripécias.

A jovem de 25 anos e também loira colocou sua “criadora” no chinelo. E o espírito competitivo da Rainha do Pop não permite isso. Ao contrário de Christina Aguilera, Madonna não fica pelos cantos chorando que Gaga está acabando com sua carreira.

Uma música inédita da senhora Ciccone caiu na web e, voilá, os holofotes se voltaram para ela. Com essa manobra, Madonna mostrou que ainda manda no pedaço e que as suas crias precisam se cuidar. E, por essa jogada, parece que ela quer 2012 só para si.

***

Um pouco mais sobre “Give Me All Your Love” – A versão final da música contará com as participações das cantoras M.I.A. e Nicki Minaj e o disco, que será o 12° álbum de estúdio da diva, chegará às lojas no primeiro semestre de 2012, segundo a revista News Music Express.

Ainda de acordo com a publicação especializada em música, Madonna trabalhará no novo CD até o final do ano. Para a empreitada, a cantora chamou William Orbit que produziu “Ray Of Light” – único disco da loira a receber o Grammy de Melhor Álbum Pop.


Gostou? Então, leia também

MDNA: Madonna revela capa de novo CD
Três motivos para curtir o fim de semana em São Paulo de Metrô
Manifestação global do Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. acontece na 6ª
“O Preço do Amanhã”: Filme de Justin Timberlake é irregular
Festival Cine Favela convida internautas para abertura oficial
Maitena se cansa de desenhar e lança primeiro romance
“Contágio” expõe mazelas da humanidade em 1h46
Lady Gaga: Não se espante se ela lançar um linha de iogurtes
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…

Debora de Lucas


//

W3Counter

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: