6 dicas de presentes de Natal superbacanudos

O Natal está chegando, e nada melhor que presentear nossos entes queridos com mimos superbacanudos.

Com o coração cheio de amor e carinho por mais um ano maluco que se acaba, selecionei seis charmosos presentes para dar na esperada Noite Feliz. Ho, ho, ho, ho… Boas Festas! ;D

Vale-presente da Casa do Saber/Reprodução

Vale-presente da Casa do Saber/Reprodução

1 – O vale-presente da Casa do Saber é uma boa aposta! Quem recebe o cupom, pode trocá-lo por cursos de Artes, Filosofia, História, Moda e até mesmo Ciências.

Gente gabaritada como a filósofa Marcia Tiburi, o arquiteto Guilherme Wisnik e o jornalista Irineu Franco Perpétuo são alguns dos professores da instituição.

PREÇO: O investimento mínimo é de R$ 130. Mais informações pelo telefone (11) 3707-8900.

2 – O conjunto
de copos de vidro
Distinct Patterned
levanta o astral de qualquer dona (o)
de casa!

Bolado pelo designer
francês Emmanuel Babled, contém seis peças diferentes, mas complementares entre si.

A singularidade de cada copo evita que ocorra trocas durante o uso.

Os copos diferentões do conjunto Distinct Patterned Glasses/Reprodução

Os copos diferentões do conjunto Distinct Patterned Glasses/Reprodução

Além disso, as belezuras têm pegada orgânica, são apropriadas para qualquer tipo de bebida e podem ir para o lava-louças.

PREÇO: US$ 125 (cerca de R$ 250), sem as taxas de entrega, na loja online
do MoMA.

3 – Este pôster do megablaster diretor
de cinema Quentin Tarantino cai bem em qualquer sala.

Quentin Tarantino, por Ken Taylor/Reprodução

Quentin Tarantino, por Ken Taylor/Reprodução

Numerado à mão e
com 24 x 36 cm, o trabalho de Ken Taylor estampa a caixa Tarantino XX: 8-Films Collection.

A box celebra os 20 anos de carreira do realizador de longas como Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994), Kill Bill Vol. 1 & 2 (2003 e 2004) e Bastardos
Inglórios
(2009).

PREÇO: US$ 100 (aproximadamente R$ 200), sem as taxas de entrega. Mais informações no site www.mondotees.com.

4 – Sob o olhar do turista estrangeiro, o Wallpaper City Guide São Paulo reapresenta a cidade
ao paulistano.

A edição São Paulo do guia Wallpaper/Reprodução

A edição São Paulo do guia Wallpaper/Reprodução

A leitura é interessante porque dá dicas e destaca pontos turísticos que passam batidos na correria do dia a dia, como a Casa de Vidro, de Lina Bo Bardi (1914 – 1992), e a
Praça do Patriarca.

PREÇO: R$ 22,90, na Livraria da Folha, ou pelo valor que você quiser pagar em uma das máquinas de livros instaladas nas estações de Metrô.

5 – A Trilogia O Poderoso Chefão (The Godfather Pack) não pode faltar na coleção de um cinéfilo. Sem perder o vigor, o primeiro filme da saga  o de 1972  completou 40 anos em 24 de março.

Baseada no romance homônimo de Mario Puzo (1920 – 1999), a trama de Francis Ford Copolla conta a história da família de mafiosos mais amada da Sétima Arte, os Corleones.

Um dos pôsteres do primeiro filme da Trilogia O Poderoso Chefão/Reprodução

Um dos pôsteres da Trilogia O Poderoso Chefão/Reprodução

Os atores Marlon Brando (1924 – 2004), Al Pacino, Robert De Niro, Robert Duvall e Diane Keaton deram vida aos seus personagens de forma primorosa.

O ideal é assistir a um filme atrás do outro. A maratona irá durar quase dez horas, mas vale a pena.

Outro ponto alto da trilogia são as frases que valem para a vida real como “Nunca deixe os outros saberem o que você está pensando” e “Mantenha seus amigos próximos e seus inimigos mais próximos ainda”.

PREÇO: A partir de
R$ 40, em DVD.

6 – Após uma infância recheada de livros e filmes de monstros marinhos, desenvolvi uma louca obsessão por tentáculos.

Sim, TEN-TÁ-CU-LOS!

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

O divertido USB Squirming Tentacle/Reprodução

O divertido USB Squirming Tentacle/Reprodução

O USB Squirming Tentacle deixaria a mim e outros adultos que foram crianças nos anos 1980 bem felizes.

O periférico não armazena dados, na verdade, não serve para nada. No entanto, seus movimentos tornam o ambiente de trabalho mais alegrinho.

PREÇO: US$ 24,99 (cerca de R$ 500, sem as taxas de entrega, na ThinkGeek online.

Gostou? Leia também
Luiz Gonzaga: O centenário do Rei
do Baião na web

Exposição apresenta vestidos da pintora Frida Kahlo

Documentário Condor ganha exibição
gratuita na Cinemateca Brasileira

Festival portenho de quadrinhos indie chega à 5ª edição
Imperdível e grátis… Mostra panorâmica
de Adriana Varejão fica até 16/12 no MAM

Robô de brinquedo Cubebot é uma
simpática lembrancinha do MoMA

Steve McCurry: Os f***s também blogam
Documentário de Beyoncé ganha teaser
Guia do New York Times apresenta
125 roteiros de viagens curtas pela Europa

Livro reúne pôsteres da franquia James Bond
Blog Eat Sleep Draw bomba trabalhos de desenhistas
Rádio online Gladys Palmera tira internauta do tédio na web
Boekenwurm: Estante holandesa subverte convenções do Design
Fotógrafo David LaChapelle ganha mostra em Estocolmo
6 homens que levantam o meu humor
Reality show Vida de DJ rola até janeiro de 2013
Quem pode mais? Madonna ou Lady Gaga?
Arte interna da box Tarantino XX:
8-Films Collection é (finalmente) revelada

Debora de Lucas


//

W3Counter

Anúncios

Filme de terror Filha do Mal ganha clipe promocional

Para bombar as locações do filme de terror Filha do Mal (The Devil Inside), a Paramount Brasil publicou um clipe promocional de dois minutos e 25 segundos do longa em seu canal oficial no YouTube nesta terça-feira (3/7).


A película, que narra a aterrorizante história de possessão e exorcismo de Maria Rossi (Suzan Crowley) e a busca pela verdade de sua filha, Isabella (Fernanda Andrade), chegou aos cinemas brasileiros em 3 de fevereiro.

Com cenas horripilantes, a produção de US$ 1 milhão (aproximadamente R$ 1,7 milhão) faturou mais de US$ 53 milhões (cerca de R$ 91 milhões) apenas nos Estados Unidos.

>>>CRÍTICA:  Filha do Mal não surpreende, porém fatura alto nos Estados Unidos

A alta arrecadação levantou rumores de que o filme do cineasta novato William Brent Bell poderia ganhar uma continuação à la franquia Atividade Paranormal. No entanto, as especulações ainda não foram confirmadas.

Venda doméstica x Pirataria
Filha do Mal deve ser lançado nos formatos DVD e Blu-ray para venda doméstica ainda em julho, de acordo com o site da Paramount Brasil.

Capa da edição brasileira do DVD de Filha do Mal/Reprodução

Sem data e preço definidos, a produção oficial vai concorrer com cópias piratas que já circulam pelo Brasil. Na cidade de São Paulo, as versões “piratones” do longa-metragem são oferecidas por apenas R$ 3 pelos camelôs.

Seja bonzinho e curta a página
do deborando ;) no Facebook!

Filha do Mal | Site oficial [em inglês]
www.devilinsidemovie.com

Gostou? Então, leia também
Filha do Mal não surpreende, porém fatura
mais de 53 milhões de dólares nos EUA

Exposição Georges Méliès, O Mágico do Cinema chega ao Brasil
Festival Internacional de Cinema Feminino se inicia nesta terça (3) no Rio
Wim Wenders lança livro em homenagem a Pina Bausch
Com extras, O Artista é lançado em DVD e em Blu-ray no Brasil
Prometheus: Prelúdio da franquia Alien é espetacular
Pedro Almodóvar e Antonio Banderas voltam a
trabalhar juntos; Relembre os filmes da parceria

Filme Woody Allen: A Documentary agrada críticos britânicos
7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012
Madonna: Livro de fotos Sex completa 20 anos
Fotógrafo Antoine Verglas fantasia cotidiano de showgirl em livro
A Lua de Yakuza: Chocante livro de Shoko Tendo a R$ 5
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie

Debora de Lucas


//

W3Counter

Com extras, O Artista é lançado em DVD e em Blu-ray no Brasil

O belíssimo filme O Artista (The Artist) chegou às prateleiras brasileiras nos formatos DVD (R$ 39,90) e Blu-ray (R$ 79,90) na última terça-feira (26). Para a alegria dos cinéfilos, a produção franco-belga foi lançada no país com o esperado material extra composto por making of, erros de gravação e entrevistas e depoimentos do elenco e da produção.

O Artista nos formatos DVD e Blu-ray/Reprodução

Ambientada no início da era dos filmes falados de Hollywood, a trama de 100 minutos se passa nos anos 1920 e narra a decadência do astro do cinema mudo George Valentin (Jean Dujardin) e a ascensão da jovem atriz Peppy Miller (Bérénice Bejo).

Dirigido e escrito por Michel Hazanavicius (Agente 117 – Rio Não Responde Mais), o longa-metragem mudo e em preto e branco faturou cinco estatuetas douradas na última edição do Oscar, entre elas Melhor Filme, Melhor Diretor e Melhor Ator.

Em tempos de 3D, a ousada aposta também conquistou sete prêmios Bafta, três Globos de Ouro e um em Cannes.

Homenagem não declarada
A produção mergulha em um período difícil da História do Cinema americano e retrata com sensibilidade o ostracismo que muitos atores e atrizes sofreram com a chegada do som às telonas. Além disso, aborda de forma tocante as constantes mudanças do mundo contemporâneo.

O drama, que paulatinamente se transforma em uma história de amor, apresenta valores como amizade, gratidão e solidariedade.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

A homenagem não declarada de Hazanavicius ao cinema mudo arrecadou cerca de US$ 130 milhões (cerca de R$ 270 milhões) pelo mundo e rendeu frutos até para o cãozinho Uggie. Na última segunda-feira (25), o simpático personagem deixou a marca de suas patinhas na badalada calçada da fama hollywoodiana.


O Artista | Site Oficial [em inglês]

weinsteinco.com/sites/the-artist

Gostou? Então, leia também
Prometheus: Prelúdio da franquia Alien é espetacular
Pedro Almodóvar e Antonio Banderas voltam a
trabalhar juntos; Relembre os filmes da parceria
Filme Woody Allen: A Documentary agrada críticos britânicos
7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012
Trupe Circo Roda repassa trajetória em espetáculo gratuito no CCJ
Madonna: Livro de fotos Sex completa 20 anos
Ingressos para show de Morrissey e Iggy
and the Stooges nos EUA já estão à venda
Fotógrafo Antoine Verglas fantasia cotidiano de showgirl em livro
A Lua de Yakuza: Chocante livro de Shoko Tendo a R$ 5
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie
Galeria francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones

Debora de Lucas


//

W3Counter

Videoinstalação apresenta imagens inéditas do filme A Invenção de Hugo Cabret

A partir de imagens inéditas do longa-metragem A Invenção de Hugo Cabret (Hugo), a videomaker Amanda Rodolpho criou uma videoinstalação em homenagem ao último filme do diretor norte-americano Martin Scorsese (Taxi Driver, Cassino e Os Infiltrados).

Um dos pôsteres do longa A Invenção de Hugo Cabret/Reprodução

Intitulada como Uma Viagem Pelo Mundo de Hugo Cabret, a obra – que comemora o lançamento da produção nos formatos DVD e Blu-ray (2D e 3D) no Brasil – pode ser visitada de 6 a 24 de junho, das 15h às 21h, no Espaço Cultural da 2001 Vídeo, em São Paulo. A entrada é gratuita.

Baseado no romance homônimo de Brian Selznick, o filme faturou cinco Oscar (Melhor Fotografia, Melhor Direção de Arte, Melhor Efeitos Visuais, Melhor Edição de Som e Melhor Som) no começo deste ano.

Em entrevistas, Scorsese, 69, contou que fez o longa para que sua filha de 12 anos, Francesca, pudesse assistir a uma de suas produções. O trabalho é a primeira incursão do cineasta ao universo 3D.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Ambientada na Paris de 1930, a trama de 126 minutos narra a história de Hugo (Asa Butterfield), um órfão que vive escondido nas paredes de uma estação de trem. Ao se tornar amigo do mestre do cinema Georges Méliès (Ben Kingsley) e de Isabelle (Chloë Grace Moretz), o garoto tem a vida mudada.


Vernissage Quem quiser participar da abertura da exposição, deve enviar um e-mail para mkt@2001video.com.br. O vernissage acontece na próxima terça-feira (5/6), às 20h.

VIDEOINSTALAÇÃO UMA VIAGEM PELO MUNDO DE HUGO CABRET
Abertura: 5 de junho (terça-feira), às 20h. É necessário confirmar presença pelo e-mail mkt@2001video.com.br. | Exposição: de 6 a 24 de junho, de domingo a domingo | Horário: das 15h às 21h | Quanto? Grátis
Espaço Cultural 2001 Vídeo
Avenida Sumaré, 1744
Perdizes | São Paulo | São Paulo
Tel.: (11) 3873-2017
www.2001video.com.br | Site oficial

*Atualizado às 7h33, de 2 de junho de 2012.

Gostou? Então, leia também
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie
Galeria francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones
Curso gratuito do CCJ forma roadies em SP
Livros dos escritores Lima Barreto e Alcântara
Machado são distribuídos de graça em SP

7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012
Filme O Corvo transforma escritor Edgar Allan Poe em personagem caricato
CCJ premia roteiros de animação com R$ 10 mil
Os Vingadores da Marvel: um superfilme; uma máquina de fazer grana
Battleship: Irmãozinho de Transformers não conquista público brasileiro
Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma
filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada

Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS

Debora de Lucas


//

W3Counter

“Achtung Baby” chega aos 20 anos e ganha cinco edições comemorativas; álbum reinventou e amadureceu U2

“Achtung Baby” completa 20 anos nesta segunda-feira (31) e, para comemorar as duas décadas de seu lançamento, a banda irlandesa U2 relançará o disco em cinco formatos: CD remasterizado, CD duplo de luxo, caixa com vinis, caixa com CDs + DVDs e über caixa com CDs + DVDs.

Da esq. para dir.: Larry Mullen Jr, Bono Vox, Adam Clayton e The Edge durante o lançamento “Achtung Baby”/Divulgação

Da esq. para dir.: Larry Mullen Jr, Bono Vox, Adam Clayton e The Edge durante o lançamento “Achtung Baby”/Divulgação

Além de faixas extras inéditas, versões demos e remixes, o documentário “From the Sky Down”, de Davis Guggenheim (“Uma Verdade Inconveniente”), é uma das peças chaves da reedição. Por enquanto, o filme – que abriu o Festival Internacional de Cinema de Toronto deste ano – só pode ser adquirido nas duas últimas caixas, que coincidentemente, são as opções mais caras (veja os valores abaixo).

A jogada repetirá a fórmula utilizada em outros discos que também ganharam edições comemorativas como “Boy” (1980), “October” (1981), “War” (1983), “Under a Blood Red Sky” (1983), “The Unforgettable Fire” (1984), “The Joshua Tree” (1987) e “Rattle and Hum” (1988).

Se esse “lança-relança” é tão manjado, por que “Achtung Baby” é tão festejado? Esse álbum, o sétimo de estúdio da banda, foi produzido durante o período mais nebuloso do quarteto.

Reinvenção e amadurecimento
Depois do buscado e almejado sucesso, insatisfações, tensões, desuniões, desconfianças e incertezas quase acabaram com o U2 no final da década de 1980. Sem rumo, o grupo parou por quase dois anos para se reencontrar musicalmente.


Bono Vox e The Edge queriam flertar com a música eletrônica. Larry Mullen Jr. e Adam Clayton queriam voltar às origens do rock. O quarteto tentou definir os novos caminhos no estúdio Hansa, em Berlim, Alemanha, com os produtores Brian Eno e Daniel Lanois. No entanto, até lá, as brigas eram uma constante entre os irlandeses.

Quando tudo apontava para o fim, uma canção – que ironicamente fala sobre separação – reuniu o quarteto. “One” simbolizou a trégua. “One” marcou o renascimento do U2.

Durante esses dias conflituosos, nasceu “Achtung Baby” que se transformou em uma das mais perfeitas – e imitadas – combinações entre rock e música eletrônica. SUPER LEGAL: ‘ouça’ “Achtung Baby” em seis clipes!

Capa do disco “Achtung Baby”/Reprodução

O disco estreou na primeira posição da Billboard, arrematou o Grammy de Melhor Álbum de Rock, vendeu mais de 18 milhões de cópias em todo o mundo e foi eleito o Melhor Disco pelos leitores da revista Rolling Stone. Além disso, o trabalho é considerado um dos registros mais importantes dos anos 1990 e da discografia do U2.

O álbum marcou a reinvenção e o amadurecimento da banda. Antes dele, o grupo se limitava as sonoridades punk e rock – e uma pitadinha de blues. Depois dele, se sentiu livre para ousar e inovar.

Ele desconstruiu a imagem do quarteto. De ativistas políticos chatonildos, Bono, The Edge, Larry e Adam se transformaram em astros do rock criativos e descolados.

A experimentação, que hoje faz parte do DNA do U2, foi tão bem sucedida que “Zooropa” (1993) e “Pop” (1997) deram continuidade ao processo iniciado em “Achtung Baby”.

***

Por favor, quanto custa?
Por enquanto, apenas as edições CD remasterizado (R$ 37,90) e CD duplo de luxo (R$ 49,90) de “Achtung Baby” estão disponíveis no mercado brasileiro.

As caixas com vinis, CDs + DVDs e über CDs + DVDs só podem ser encontradas em importadoras ou no site oficial da banda e custam, respectivamente, cerca de R$ 200 (US$ 119,95), R$ 280 (US$ 167,95) e R$ 800 (US$ 469,95), mais taxas de entrega.

20 anos de “Achtung Baby” | Hotsite oficial
achtungbaby.u2.com


U2 | Site oficial

www.u2.com


Gostou? Então, leia também

Três motivos para ver (ou rever) “Sid e Nancy”
Lady Gaga: Não se espante se ela lançar um linha de iogurtes
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
“Atividade Paranormal 3” supera precursores da franquia
Três motivos para continuar escutando Legião Urbana
Em livro, pai de Amy Winehouse vai contar história real da cantora
Três motivos para venerar Guns N’ Roses
Pré-venda de ingressos para documentário inédito dos Stones se inicia
Três motivos para adorar Debbie Harry
Taylor Lautner, o lobinho que quer ser gente grande

Debora de Lucas


//

W3Counter

Pré-venda de ingressos para documentário “Some Girls Live in Texas 1978” dos Rolling Stones se inicia

105 minutos de puro rock ‘n’ roll! Deixa eu me explicar melhor. A pré-venda on line de ingressos para o concerto documentário “The Rolling Stones: Some Girls Live in Texas” se iniciou em São Paulo na última sexta-feira (7).

O longa apresenta o show inédito dos Stones filmado em 18 de julho de 1978, no Will Rogers Memorial Center, em Fort Worth, no Texas, Estados Unidos.

O filme será exibido nos dias 11 e 12 de novembro, às 21h, em três salas da rede UCI Cinemas. As entradas podem ser adquiridas pela internet e custam a partir de R$ 22, a inteira, e R$ 11, a meia, mais uma taxa de serviço por cada bilhete (veja mais abaixo).

The Rolling Stones se tornou um quarteto com a saída do baixista Bill Wyman em 1994; da esquerda para direita, Charlie Watts (bateria), Keith Richards (guitarra), Mick Jagger (vocais) e Ronnie Wood (guitarra) compõem atualmente a banda inglesa/Divulgação

O espetáculo fez parte da turnê que coincidiu com o lançamento do décimo sétimo disco da banda: o “Some Girls”. O álbum chegou às prateleiras em 9 de junho de 1978 e foi lançado um dia antes do início da tour dos britânicos pela terra do Tio Sam. Na época, o grupo inglês ainda era um quinteto composto por Mick Jagger, Keith Richards, Ronnie Wood, Bill Wyman e Charlie Watts.

O LP de dez faixas – entre elas “Miss You”, “When the Whip Comes Down”, “Beast of Burden” e “Shattered” – marcou o retorno da banda ao sucesso e a reabilitação de Keith. Ainda no mesmo ano, o disco atingiu a primeira posição do Top 200 da Billboard e vendeu mais de sete milhões de cópias.

Como o álbum, a turnê foi bem sucedida. Em Anaheim (Califórnia), 55 mil ingressos foram vendidos em menos de duas horas. Para o show de 13 de julho em Nova Orleans (Louisiana), 80 mil entradas foram “arrematadas” e um milhão de dólares arrecadados. A série de apresentações se encerrou em 26 de julho de 1978, dia em que Mick completou 35 anos.

Ainda sob as boas vibrações do LP, os ingleses receberam os títulos de Melhor Artista e Álbum do Ano pela enquete anual da revista Rolling Stone.

Mais sobre o “Some Girls Live in Texas 1978”…
O concerto documentário, originalmente filmado em 16 milímetros, foi remasterizado e restaurado para full HD em 2011. O longa apresenta 16 músicas como os hits “Honky Tonk Women”, “Brown Sugar” e “Jumpin’ Jack Flash” e conta com a produção de Bob Clearmountain.


O filme já estreou nos cinemas gringos e será lançado em DVD e Blu-Ray em 21 de novembro nos Estados Unidos.

O show será vendido nas edições simples e de luxo. A primeira contará apenas com a filmagem A segunda, com a apresentação e um CD com as músicas do espetáculo. Como material extra, ambos os formatos apresentarão uma entrevista recente com Mick Jagger.

Por enquanto, não há previsão de lançamento para o DVD/Blu-ray “The Rolling Stones: Some Girls Live in Texas 1978” no Brasil. No entanto, os fanáticos pela banda já podem encomendá-lo na Amazon.com.


Título:
“The Rolling Stones: Some Girls Live in Texas 1978”
Data: 11 (sexta-feira) e 12 (sábado) de novembro
Horário: 21h
Local: UCI Cinemas: Salas Anália Franco 8Jardim Sul 1, e Santana Shopping Park 4
Ingressos antecipados pela web:
>>>Inteira: de R$ 24,55 (R$ 22 + taxa de serviço R$ 2,55) a R$ 28,98 (R$ 26 + taxa de serviço R$ 2,98)
>>>Meia-entrada, idoso, menor de 12 anos, meia-Itaú: de R$ 13,55 (R$ 11 + taxa de serviço R$ 2,55) a R$ 15,98 (R$ 13 + taxa de serviço R$ 2,98)

Censura: 16 anos
Músicas: “Let It Rock”, “All Down The Line”, “Honky Tonk Women”, “Star Star”, “When The Whip Comes Down”, “Beast Of Burden”, “Miss You”, “Just My Imagination (Running Away With Me)”, “Shattered”, “Respectable”, “Far Away Eyes”, “Love In Vain”, “Tumbling Dice”, “Happy”, “Sweet Little Sixteen”, “Brown Sugar” e “Jumpin’ Jack Flash”.
Gênero: Concerto documentário
Duração: 105 minutos
País de origem: EUA
Ano de produção: 1978 (restaurado e remasterizado)
Produção: Bob Clearmountain

UCI | Site Oficial
www.ucicinemas.com.br


The Rolling Stones | Site Oficial

www.rollingstones.com


Gostou? Então, leia também

Três motivos para venerar Guns N’ Roses
Três motivos para adorar Debbie Harry
Enquanto R.E.M. sai de cena, Nirvana triunfa sobre a morte
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
Adeus Steve Jobs, adeus Mestre do Reino Encantado da Maçã Mordida

Debora de Lucas


//

W3Counter

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: