Mostra fotográfica retrata anos de John Lennon em Nova York

Composta por 120 imagens, a exposição fotográfica John Lennon: sus años en Nueva York (1971 – 1980) apresenta o período em que o eterno Beatle (1940 – 1980) viveu na Big Apple.

A mostra gratuita faz parte do descolado festival portenho Ciudad Emergente e pode ser visitada até 7 de julho no Centro Cultural Recoleta, em Buenos Aires.

Os retratos são de autoria do respeitado fotógrafo de rock Bob Gruen. Amigo de Lennon, o nova-iorquino registrou e acompanhou a fase politizada do músico de Liverpool. Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

John Lennon posa (1940 – 1980) para Bob Gruen/Reprodução

John Lennon posa (1940 – 1980) para Bob Gruen/Reprodução

Brasil?
Não se sabe se a exposição virá ao Brasil. No entanto, Gruen já trouxe seu trabalho ao país.

A espetacular exibição Rockers reuniu cerca de 270 imagens do norte-americano em 2007, em São Paulo. Fotos de artista como Tina Turner, Rolling Stones, Iggy Pop, Sid Vicious (1957 – 1979) e do próprio John Lennon compuseram a mostra.

JOHN LENNON: SUS AÑOS EN NUEVA YORK (1971 – 1980)
Data: até 7 de julho (domingo)
Horário: das 14h às 21h, de domingo a domingo
Centro Cultural Recoleta
Junín 1930
Recoleta | Buenos Aires | Buenos Aires | Argentina
www.centroculturalrecoleta.org | Site Oficial [em espanhol]

Gostou? Leia também
Inscrições para 6° Prêmio São Paulo de Literatura seguem até 19/7
Firma gringa produz bacanudas caricaturas virtuais por US$ 5
Dito Von Tease: Artista cria retratos a partir de impressões digitais
À beira dos 75 anos, O Mágico de Oz é (mais uma vez!) capitalizado
Helmut Newton “invade” Museu Fotografiska
Sob direção de Marcelo Rubens Paiva, peça Deus É um DJ estreia em SP
Reed & Rock: Pré-venda do livro Transformer se inicia na web
A História de “O”: HQ de Crepax volta às livrarias brazucas
Bichanos se tornam protagonistas de pinturas clássicas
Livro de fotos de Linda McCartney ganha versão para iPad
Iggy & The Stooges lança novo disco; Ouça agora Ready to Die!
Bowie anuncia pré-venda da edição de 40 anos de Aladdin Sane
O passado e o presente de 6 top galãs dos anos 1980
Sem Tony Scott, filme Fome de Viver completa 30 anos
A partir de 100 filmes, livro reconta história da Sci-Fi no cinema

Debora de Lucas


//

W3Counter
Anúncios

John Lennon é o Maior Ícone Musical dos últimos 60 anos, aponta revista NME

John Lennon em Nova York (EUA)/Bob Gruen/Reprodução

John Lennon em Nova York (EUA)/Bob Gruen/Reprodução

O cantor e compositor John Lennon (1940 – 1980) foi eleito o Maior Ícone Musical dos últimos 60 anos na enquete homônima realizada pela charmosa revista New Musical Express (NME).

O resultado foi anunciado nesta terça-feira (18) no site do tradicional semanário britânico (veja o Top Ten abaixo).

Durante cerca de seis meses, aproximadamente 160 mil votos foram computados.

A sondagem popular celebrou os 60 anos da publicação.

Capa da edição de setembro da NME/Reprodução

Capa da edição de setembro da NME/Reprodução

O ex-Beatle disputou o posto contra 60 pesos pesados do cenário musical gringo como
Elvis Presley (1935 – 1977), Bob Dylan, Bob Marley (1945 – 1981), Freddie Mercury (1946 – 1991), Michael Jackson (1958 – 2009), David Bowie, Jimi Hendrix (1942 – 1970), Sid Vicious (1957 – 1979)
e Madonna.

Capa da NME
A posição rendeu ao eterno garoto de Liverpool a capa da edição desta semana da NME. A revista chega às bancas do Reino Unido nesta quarta-feira (19).

Na matéria, oponentes na enquete como Liam Gallagher e Alex Turner (respectivamente, 2º e 4º lugares) analisaram por que o ex-Beatle conquistou o pódio.

O ex-Oasis afirmou que John Lennon significa tudo para ele. “Eu não saberia dizer se ele é melhor compositor do que [Paul] McCartney, mas seu material é mais bonito e mais louco”, completou o artista.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

A edição ainda traz um pôster; a republicação de fotos históricas e de entrevistas clássicas com o ex-Beatle; a reavaliação do trabalho de Lennon; e o ranking completo da pesquisa.

Top Ten da enquete o Maior Ícone Musical dos
últimos 60 da revista New Musical Express

#1 – John Lennon (1940 – 1980)
#2 – Liam Gallagher
#3 – David Bowie
#4 – Alex Turner
#5 – Kurt Cobain (1967 – 1994)
#6 – Amy Winehouse (1983 – 2011)
#7 – Jimi Hendrix (1942 – 1970)
#8 – Morrissey
#9 – Noel Gallagher
#10 – Ian Curtis (1956 – 1980)

*Post atualizado em 19 de setembro de 2012, às 8h24.

Gostou? Então, leia também
NME lança enquete para descobrir Maior Ícone Musical
David Bowie é homenageado em simpósio de universidade gringa
Audição e pré-venda de novo disco de
Bob Dylan já estão disponíveis no iTunes
Pré-venda da megabox de CDs de Johnny Cash se inicia nesta sexta
Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos
A “peladice” de Lady Gaga versus a nudez de Madonna
Grátis: Markus Popp ministra workshop de música eletrônica no MIS
Roteirista Paul Schrader dá palestra gratuita em SP
Documentário Tropicália estreia nesta sexta (14/9)

Filmagens de novo longa de Pedro Almodóvar se encerram
Exposição gratuita Jardim Robótico volta a São Paulo
Revista da Taschen ganha versão para iPad
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9

Debora de Lucas


//

W3Counter

Exposição de fotos da Galeria Clic homenageia Festival de Cannes

O tapete vermelho já foi estendido. Os diretores, os astros e as estrelas já chegaram. Pela 65ª vez, o charme do Festival de Cannes toma a cidade homônima da Côte d’Azur, no sul da França.

Atriz Sophia Loren em 1958/Reprodução

Com um quê de homenagem, um toque histórico e senso de oportunidade, a filial da galeria norte-americana Clic no município francês inaugurou a exposição Cannes Festival Memories: Photographs (memórias do Festival de Cannes: fotografias, em tradução livre) na última quarta-feira (16) – dia em que a festa começou.

Brigitte Bardot em 1955/Reprodução

Imagens de grandes nomes da Sétima Arte que estiveram no evento fazem parte da mostra gratuita como o inventor do cinematógrafo e primeiro presidente do festival Louis Lumière (1864 – 1948), as atrizes Sophia Loren, Brigitte Bardot e Kim Novac, os atores Paul Newman (1925 – 2008) e Warren Beatty e os cineastas Orson Welles (1915 – 1985) e Quentin Tarantino.

Além disso, há fotos de personalidades que circularam pelo encontro como o casal John Lennon (1940 – 1980) e Yoko Ono e o pintor Pablo Picasso (1881 – 1973).

Yoko Ono e John Lennon em 1971/Reprodução

Família Traverso
A exibição é composta por registros do fotógrafo Gilles Traverso e pelo arquivo fotográfico da Família Traverso que, desde o primeiro ano da festa – 1939 –, cobre o evento.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

A exposição pode ser visitada até 27 de maio, data que marca o encerramento da edição de 2012 do tradicional e respeitado Festival de Cannes.

***

CANNES FESTIVAL MEMORIES: PHOTOGRAPHS
Até 27 de maio (domingo)
Horário de funcionamento: das 11h às 19h. Fechada aos domingos e às segundas-feiras, exceto em 27 de maio.
Galeria Clic – Cannes

17 rue des Etats Unis
Cannes, França
tel.: 04 93 38 29 50
e-mail: cannes@clicgallery.com

Gostou? Então, leia também
Terry Richardson’s Diary: O olhar do badalado fotógrafo de moda na web
3MOTIVOSPARA… admirar o fotógrafo Steve Schapiro
25 cópias de foto de capa de disco de David Bowie estão à venda
Universo paralelo de Helena Blomqvist ganha exposição na Suécia
Elizabeth Taylor, o recomeço de Lindsay Lohan
Sandra Bullock, não te desculpo!
Grátis: Elke Maravilha leva espetáculo Do Sagrado ao Profano ao CCJ
Graphic novel Dolltopia apresenta lado renegado do mundo das bonecas

Todos em Dolltopia estão lutando por autonomia, diz Abby Denson
Battleship: Irmãozinho de Transformers não conquista público brasileiro
Os Vingadores da Marvel: um superfilme; uma máquina de fazer grana
Diretor Marcos Prado erra na mão e transforma
filme Paraísos Artificiais em neopornochanchada
Inscrições para Alameda: Arte de Rua vão até 20 de maio
Andy Warhol, André Kertész, Claudio Edinger e Ozualdo
Candeias ganham exposições individuais no MIS em SP
Exposição não reflete grandiosidade de Elis Regina
Caixa de Cinema: Jukebox de filmes é inaugurada no MIS
Livro Parejas Perfectas apresenta casais célebres de Hollywood

Debora de Lucas


//

W3Counter

NME lança enquete para descobrir Maior Ícone Musical dos últimos 60 anos

Vote, vote, vote… Sim, as revistas de música adoram convocar seus leitores para escolherem o melhor artista, disco, videoclipe e o escambau do ano. Nesta hora, as opiniões dos especialistas e dos jornalistas das redações são desconsideradas. Pois a voz do povo é a voz de Deus, justificam os mais antigos.

Elvis Presley está no páreo pelo título da NME/Divulgação

Partindo dessa premissa e para celebrar seus 60 anos, a charmosíssima revista New Musical Express (NME) lançou em seu site uma enquete para descobrir quem é o Maior Ícone Musical das últimas seis décadas. A pesquisa foi publicada nesta quarta-feira (21).

Os internautas podem escolher entre 60 indicados.

Gente de peso como Elvis Presley (1935 – 1977), Bob Dylan, John Lennon (1940 – 1980), Bob Marley (1945 – 1981), Freddie Mercury (1946 – 1991), Madonna, Keith Richards, Michael Jackson (1958 – 2009), David Bowie, Prince, Jimi Hendrix (1942 – 1970), Debbie Harry, Lou Reed e Sid Vicious (1957 – 1979) estão entre os elegíveis.

No entanto, a “molecada” da atual cena musical gringa também está no páreo e é representada por artistas como Kurt Cobain (1967 – 1994), PJ Harvey, Amy Winehouse (1983 – 2011), Dave Grohl, Julian Casablancas, Jay Z, Beth Ditto, Björk, Damon Albarn e os irmãos Noel e Liam Gallagher.

O processo de votação é supersimples, e os internautas podem participar quantas vezes quiserem. Como a publicação britânica não informa até quando aceitará votos, é bom se apressar! PARTICIPE AGORA

NME | Site oficial [em inglês]
www.nme.com

Gostou? Então, leia também
Bye Bye American Pie: Arte contemporânea
dos Estados Unidos ganha exposição no Malba

Oficinas gratuitas de técnicas circenses voltam ao CCJ em abril
3MOTIVOSPARA… admirar o fotógrafo Steve Schapiro
Inscrições para Cine MuBE Vitrine Independente 2012 vão até 31 de maio
Lygia Pape: Estação Pinacoteca apresenta retrospectiva da artista plástica
Grátis em SP: Rapper Dexter recebe Mano Brown e GOG em show no CCJ
Projeto musical SP Representa volta em 2012 com 20 shows
Grátis: Espetáculo teatral Hell chega à periferia
3MOTIVOSPARA… continuar lendo o deborando em 2012

Debora de Lucas


//

W3Counter

Documentário “Michael Jackson: A vida de um ícone” chega às lojas brasileiras

Vinte dias após o lançamento oficial na Europa, o documentário “Michael Jackson: A vida de um ícone” (Michael Jackson: The Life of an Icon) chega nos formatos DVD e Blu-Ray ao Brasil. O filme de 149 minutos – produzido, narrado e estrelado pelo amigo de infância do Rei do Pop, David Gest – reconta a trajetória do músico sob a ótica de sua família.

A produção dirigida pelo estreante Andrew Eastel repassa os dias de glória de Michael ao lado de seus irmãos no Jackson 5, a brilhante carreira solo e as declarações infelizes ao polêmico documentário “Living with Michael Jackson” , do jornalista inglês Martin Bashir.

As acusações de pedofilia, as aparições nos tribunais, os preparativos para a turnê “This is It”, os últimos dias de vida e parte do julgamento do médico Conrad Murray – que em 7 de novembro foi declarado culpado pela morte do artista – também fazem parte do filme.

Jackson morreu aos 50 anos de overdose do anestésico propofol em 25 de junho de 2009, em Los Angeles, Estados Unidos.

O filme apresenta entrevistas exclusivas com a mãe do astro, Katherine, seus irmãos, Tito e Rebbie, amigos como o próprio produtor do documentário e personalidades do mundo da música como os cantores Smokey Robinson, Paul Anka, Dionne Warwick e Whitney Houston, o empresário do artista Frank DiLeo e os produtores Kenny Gamble e Leon Huff.

Imagens de arquivo dos mais de 40 anos de carreira do músico foram usadas no longa. À imprensa europeia, Gest afirmou que trabalhou durante 15 meses na empreitada.

Avaliação dos gringos
A Simon Hattenstone, do jornal britânico The Guardian, o produtor disse que fez o filme porque estava cansado de ver o Rei do Pop ser retratado como uma pessoa bizarra.

Hattenston apontou que, pela primeira vez, a mãe do músico teve a chance de contar a história de seu filho do seu ponto de vista. “No semblante de Katherine Jackson, vemos o Michael adulto como ele deve ter sido”, escreveu o jornalista depois de conferir o documentário na première em 2 de novembro, em Londres.


O colunista Alfredo Galindo, do jornal mexicano La Vanguardia, definiu o filme como imperdível para os fãs e um complemento do documentário “This is It” (2009).

Negócios póstumos
No entanto, esse não é o único “negócio” que envolve o nome do Rei do Pop. Neste ano, o Cirqué Du Soleil montou um espetáculo em homenagem ao cantor, “The Immortal World Tour”. A trilha sonora da apresentação já pode ser adquirida no site oficial do músico.

Michael Jackson é o artista morto que mais fatura segundo levantamento de 2011 da revista Forbes. Pelo segundo ano consecutivo, o astro lidera a lista das 15 celebridades que mesmo após a morte fazem grana.

Michael Jackson, aos 29 anos/Reprodução

De outubro de 2010 a outubro de 2011, o Rei do Pop arrecadou cerca de R$ 316 milhões (US$ 170 milhões). O músico desbancou nomes como Elvis Presley (R$ 102 milhões), Marilyn Monroe (R$ 50 milhões), Charles Schulz (R$ 47 milhões) e John Lennon (R$ 22 milhões) do trono póstumo.

Além de dar um baile nos mortos, o ídolo faturou mais do que a banda de rock U2 – que está vivinha da silva! – com a bem sucedida turnê mundial “360°”, ainda de acordo com a publicação.

Mesmo com as más fases e as polêmicas, Michael Joseph Jackson nos mostra que o ditado popular “quem foi rei, nunca perde a majestade” é verdadeiro e que seu legado está longe de ser esquecido.

MICHAEL JACKSON: A VIDA DE UM ÍCONE
Duração: 149 minutos | Lançamento no Brasil: 28 de novembro de 2011
Direção: Andrew Eastel | Produção: David Gest | Estúdio: Universal
Preço: de R$ 39,90 (DVD, em média) a R$ 59,90 (Blu-Ray, em média)
Idioma: Inglês | Legendas: Português | Som: Dolby Digital 5.1

Michael Jackson | Site oficial
www.michaeljackson.com

Michael Jackson | Facebook
ww.facebook.com/michaeljackson

Gostou? Então, leia também
Gorillaz completa dez anos e lança “The Singles Collection 2001-2011”
3MOTIVOSPARA… ir ao Festival Internacional CulturaDigital.Br no Rio
Loja virtual estampa coreografias de filmes e clipes em camisetas
“My Week with Marilyn” estreia nos Estados Unidos
Mais uma biografia de Ronaldo Bôscoli chega às livrarias
Dá comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como aqui
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina
Pai de Amy Winehouse conta história da cantora em livro
Três motivos para curtir de Metrô o fim de semana em SP

Debora de Lucas


//

W3Counter

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: