A “peladice” de Lady Gaga versus a nudez de Madonna

Peladona? Sim! Para extrair o máximo de si durante as gravações do álbum ARTPOP, a cantora Lady Gaga anda se despindo no estúdio, informa o jornal The Sun. A diva dos hits Born This Way e Judas acredita que canta melhor nua, ainda segundo o tabloide britânico.

As cantoras Lady Gaga (à esq.) e Madonna quando eram ainda trocavam gentilezas/Reprodução

Constantes polêmicas e bizarrices fazem parte do cotidiano da estrela, e sua nudez seria apenas “artística” se Madonna não existisse. É provável que a “peladice” da jovem de 26 anos seja uma forma – inconsciente – da novata competir com a Rainha do Pop.

Após um curto hiato, a cinquentona voltou ao cenário musical com o álbum MDNA, a turnê mundial homônima e uma série de saborosas (e ridículas) polêmicas como pagar peitinho no palco e se indispor com políticos franceses e russos. Lembre-se que enquanto Lady Gaga engatinhava, Madonna, 54, já comandava esse jogo.

Elegante cutucada
A princípio, a relação entre as duas bonecas era pacífica. A eterna Material Girl até elogiava a criatividade da persona de Stefani Joanne Angelina Germanotta. No entanto, quando a matriarca percebeu semelhanças entre seu hit de 1989 Express Yourself e a canção Born This Way, o caldo entornou.

Com a perspicácia dos mais experientes, Maddy cutucou a rival com elegância. No show de abertura de MDNA Tour, fez um mash up entre as duas músicas e terminou a provocação cantando a faixa She’s Not Me (Ela Não Sou Eu), de seu antepenúltimo disco, Hard Candy (2008). O breve “espetáculo” pode ser conferido no YouTube.

Lady Gaga negou a similaridade, e seus fãs – os little monsters – até hoje infernizam a vida digital da Rainha do Pop. Para eles, é a cinquentona quem plagia a jovem musa.

É evidente que a disputa entre as divas é pelos holofotes e não por seguidores. Os fãs de Madonna veem Lady Gaga como uma cópia mal-acabada. Já, os little monsters creem que Madonna é uma senhora decadente.

Ainda em turnê com Monster Ball, Gaga se mantém como um nome revelante no mundo musical. Madonna já ultrapassou a barreira da efemeridade no universo pop e se tornou um ícone.

Ousada brincadeira de criança
A ideia de ficar nua durante as gravações do terceiro álbum de estúdio é interessante e até mesmo ousada. Porém, perto de livro de fotos eróticas Sex, de Madonna, a travesssura é uma brincadeira de criança.

No título de 134 páginas, a cantora encarna a personagem Mistress Dita, aparece como veio ao mundo e protagoniza fantasias sexuais como orgias, sadomasoquismo, menage a trois e lesbianismo.

A obra chega aos 20 anos em 21 de outubro e, apesar de suas duas décadas, nunca foi superada.

Além disso, a Senhora Ciccone fez um ensaio fotográfico nu no início da carreira, nos anos 1980. Quando a loira despontou, as imagens foram parar na revista Playboy norte-americana em 1985. Ainda na mesmo período, a cantora apareceu despida em uma cena do filme A Certain Sacrifice (1983).

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Por essas e outras, se Lady Gaga quiser competir nesse requesito com Maddy, vai precisa se esforçar um pouco mais. Ela deverá sair do nível “peladice” – ou seja, do simulacro – e encarar a verdadeira nudez.

Lady Gaga | Site Oficial
www.ladygaga.com

Madonna | Site Oficial
www.madonna.com

*Post redigido em 27 de agosto e publicado às 16h45 do dia 28 do mesmo mês.

Gostou? Então, leia também
Lady Gaga: Se ela lançar uma linha de iogurtes, não se espante!
Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos
Madonna: Polêmico livro de fotos Sex completa 20 anos
Pré-venda da megabox de CDs de Johnny Cash se inicia nesta sexta
Pelo Twitter, Axl Rose celebra temporada de shows em Las Vegas
Revista da Taschen ganha versão para iPad
Novo livro de Mario Testino chega às prateleiras em 30/9

Gosta de fotografia? Siga a @gettygallery!
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Kristen Stewart e seu lado B

Debora de Lucas


//

W3Counter

Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos

Em boa forma e com dezenas de fotos de divulgação “photoshopadas”, a cantora Madonna completa 54 anos nesta quinta-feira (16). Dona de uma das carreiras mais bem-sucedidas do mundo pop, neste ano, a loira se rendeu definitivamente às redes sociais.

Madonna, a Rainha do Pop, aos 54 anos/Reprodução

Até 2011, a estrela esnobava o Twitter – ela nem tinha uma conta no microblog! – e subestimava a força do Facebook.

A mudança aconteceu com o lançamento do disco MDNA. O 12° álbum de estúdio chegou às prateleiras em 26 de março e reposicionou a Rainha do Pop no universo digital.

Para bombar o novo CD e não ficar atrás de concorrentes-garotonas como Lady Gaga, Rihanna, Britney Spears e Beyoncé, a norte-americana promoveu dois “tweet-chats” com seus fãs e turbinou o conteúdo de sua página no ciberespaço de Mark Zuckerberg. A partir disso, não parou mais.

Hoje, a eterna Material Girl está nas sete redes sociais mais importantes (veja lista completa abaixo), possui apps para iPhone e iPad e tem um site oficial bacanudo que, desde 2000, é constantemente atualizado com textos, fotos e vídeos.

Futuro próximo
De folga nesta quinta, Madonna volta aos palcos com a turnê MDNA no sábado (18), em Zurique, Suíça. A série de apresentações desembarcará no Brasil em dezembro e passará pelas cidades do Rio de Janeiro (2), São Paulo (4 e 5) e Porto Alegre (9). Há ingressos para todas as datas, mais informações no site da diva.

Ainda em 2012, o primeiro disco da estrela – Madonna – chega aos 30 anos em 30 de novembro. O álbum de dez faixas é conhecido pelos hits Everybody, Holiday, Borderline, Lucky Star e Burning Up.

Além disso, o polêmico livro de fotos Sex completa 20 anos em 21 de outubro. Na obra de 134 páginas, a loira encarna Mistress Dita. A personagem mergulha em aventuras sexuais cheias de sadomasoquismo, lesbianismo, homossexualidade, orgias e ménages à trois no título esgotado.

A Rainha do Pop não decidiu se irá reeditar a obra que, em 1992, engordou consideravelmente sua conta bancária.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Até agora, este é o último capítulo da vida dessa leoa que, com quatro filhos e mais de 30 anos de carreira, conquistou o mundo e detém a 10ª posição, do Top 100 Celebridades, da revista Forbes.

***

CANAIS E CONTAS OFICIAIS DE MADONNA NAS REDES SOCIAIS
+ Facebook > www.facebook.com/madonna
+ Twitter > @MadonnaMDNAday
+ YouTube > www.youtube.com/madonna
+ G+ [Google Plus] > plus.google.com/101336441946387245415
+ Flickr > www.flickr.com/photos/madonnaphotos
+ MySpace > www.myspace.com/madonna
+ Foursquare > www.foursquare.com/madonna

*Post originalmente publicado no deboradelucas.tumblr.com em 16 de agosto.

Gostou? Então, leia também
Madonna: Livro de fotos Sex completa 20 anos
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, “Give Me All Your Love”, vaza na web. Será?
Cartunista Adão Iturrusgarai lança autobiografia em SP
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Mostra apresenta transformação de Norma Jeane em Marilyn Monroe
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Criolo, Rodrigo Campos e Kiko Dinucci abrem 2ª
edição do Estéticas das Periferias com show no CCJ
Kristen Stewart e seu lado B
Grátis: Fernanda Montenegro leva peça ao interior de SP
File 2012 vai até 19/8 em São Paulo

Debora de Lucas


//

W3Counter

Madonna: Polêmico livro de fotos Sex completa 20 anos

Pagar peitinho na Turquia e mostrar o bumbum na Itália foram as últimas travessuras da cantora Madonna, 53 anos. As estripulias ocorreram durante a nova turnê da Rainha do Pop: a MDNA. No entanto, uma das maiores traquina-
gens da norte-americana – o polêmico livro de fotos Sex – completa 20 anos em 21 de outubro.

Madonna, aos 34 anos, em Sex/Steven Meisel/Reprodução

Inspirada na atriz do anos 1930 Dita Parlo (1908 – 1971), Madonna criou e encarnou a personagem Mistress Dita para viver aventuras (super) eróticas na obra de 134 páginas.

Fantasias sexuais como sadomasoquismo, lesbianismo, homossexualidade, orgias e ménages à trois são alguns dos elementos do título que contou com participações de artistas, celebridades e modelos como o rapper Vanilla Ice, a top Naomi Campbell e a atriz Isabella Rossellini.

Com fotos de Steven Meisel, frames de um curta-metragem de Fabien Baron e edição de Glenn O’Brien, Sex chegou a ser banido de algumas livrarias.

Apesar disso, foi um sucesso comercial. Era barato – custava US$ 49,95 –, era vendido lacrado e ganhou duas edições com tiragens limitadas a 1,5 milhão de exemplares cada nos Estados Unidos. Depois disso, bau bau. Se tornou um item de colecionador e pode se encontrado em sites de e-commerce brazucas e gringos por valores como R$ 600 e US$ 470 (cerca de R$ 960), respectivamente.

Madonna e a top model Naomi Campbell no livro/Reprodução

Madonna e a top model Naomi Campbell no livro/Reprodução

Erotica
O livro foi lançado para acompanhar o disco Erotica. Com uma forte carga sexual, o quinto álbum de estúdio da Rainha do Pop chegou às prateleiras mundiais em 20 de outubro de 1992 e se converteu em mais uma traquinagem da polêmica artista. Por exemplo, o vídeo da faixa-título do CD foi censurado pela MTV americana.

Além de Erotica, as canções Deeper and Deeper, Bad Girl, Rain e Bye Bye Baby também se tornaram hits do ousado trabalho.

Sex em 2012
Até o fechamento deste post, a eterna Material Girl não havia se pronunciado sobre o aniversário de 20 anos de seu primeiro livro.

Madonna num registro mais comportado/Steven Meisel/Reprodução

Madonna num registro mais comportado/Steven Meisel/Reprodução

No ano passado, alguns tabloides britânicos e alguns jornais locais norte-americanos especularam que a cantora relançaria a obra em formato 3D.

Ainda em 2011, o levantamento anual do BookFinder.com apontou que Sex foi o título esgotado mais procurado nos Estados Unidos. Apesar disso, o livro nem é citado no site oficial da loira. O canal Books do Madonna.com é dedicado apenas aos títulos de literatura infanto-juvenil redigidos pela musa.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Não dá para saber o que a mãe
de Lourdes Maria, Rocco, David Banda e Mercy James fará nesta efeméride.

A única garantia é que a diva subirá ao palco do American Airlines Center para apresentar
a MDNA Tour. Os ingressos para a performance, que acontecerá em 21 de outubro, em Dallas (Texas), nos Estados Unidos, já estão esgotados, e os fãs… enlouquecidos.

Madonna | Site oficial
www.madonna.com

Gostou? Então, leia também
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD. Veja
 as “caras” dos outros discos da Rainha do Pop
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web. Será?
Ingressos para show de Morrissey e Iggy
and the Stooges nos EUA já estão à venda

Prometheus: Prelúdio da franquia Alien é espetacular
Pedro Almodóvar e Antonio Banderas voltam a
trabalhar juntos; Relembre os filmes da parceria
Filme Woody Allen: A Documentary agrada críticos britânicos
Fotógrafo Antoine Verglas fantasia cotidiano de showgirl em livro
A Lua de Yakuza: Chocante livro de Shoko Tendo a R$ 5
Ziggy-Fy Yourself!: Encarne o alter ego de David Bowie
Galeria francesa organiza exposição em homenagem aos Rolling Stones
7 Días en La Habana e Savages são as apostas de Benicio Del Toro para 2012

Debora de Lucas


//

W3Counter

Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos Estados Unidos

O na época polêmico, safado e audacioso documentário Na Cama com Madonna (Truth or Dare) está disponível no formato Blu-ray a partir desta terça-feira (3/4) nos Estados Unidos. O longa-metragem lançado em 1991 apresenta o dia a dia da diva pop durante a espetacular, inovadora e revolucionária turnê mundial Blond Ambition.

A Rainha do Pop, aos 32 anos, em uma foto de divulgação de Na Cama com Madonna/Reprodução

Com a intenção de registrar a mulher por trás do mito, o filme de Alek Keshishian mescla cenas em preto e branco dos bastidores a divinas performances em cores filmadas em 1990. Nos 120 minutos da produção, é possível conferir uma Madonna de 32 anos que é já era uma show woman completa e que estava determinada a se manter no trono de Rainha do Pop.

A rigidez profissional é quebrada por cenas mais espontâneas como o fora que a cantora leva do então namorado – o ator Warren Beatty –; a chacota que a diva faz sobre o comentário do ator Kevin Costner sobre seu concerto; ou a cantada deslavada que a musa passa no (à época não hollywodiano) ator Antonio Banderas.

O documentário ainda é composto por cenas ensaiadas como as que Madonna interage como amiga e mãe dos dançarinos; quando liga e convida o pai para assistir a um de seus espetáculos; quando enfrenta a polícia canadense e diz que prefere ser presa a mudar o seu show; e quando vai ao cemitério visitar o túmulo da mãe.

Verdades e mais verdades
Durante o lançamento, o filme foi apresentado como real, sem censuras ou cortes. No entanto, anos depois, dançarinos da turnê e pessoas próximas a Madonna revelaram algumas verdades sobre a produção. O próprio irmão da loira, Christopher Ciccone, abriu o jogo sobre a filmagem em seu livro/lavação de roupa suja A Vida com Minha Irmã Madonna.


Os “ensaios” em frente às câmeras já demonstravam no que a camaleônica Madonna se tornaria num futuro próximo: egocêntrica, controladora, artificial, competitiva e blindada. As novas mutações puderam ser conferidas nos documentários I’m Going to Tell You a Secret (2005) e The Confessions Tour (2006).

Mesmo sem os tradicionais extras e os apetrechos que acompanham os relançamentos em Blu-ray, Na Cama com Madonna é uma ótima opção de compra. Seja para acompanhar a evolução da enigmática artista de 53 anos ou para ver como Blond Ambition, The Dangerous, de Michael Jackson, e Zoo TV, do U2, ajudaram a transformar as turnês musicais nos grandes, magníficos e lucrativos espetáculos dos dias de hoje.

O documentário ainda não tem data para chegar ao Brasil, mas pode ser adquirido na Amazon.com por US$ 9,99 (cerca de R$ 18), sem as taxas de entrega.

***

De volta aos holofotes – Na Cama com Madonna (Truth or Dare) volta à evidência em meio ao lançamento do 12° álbum de estúdio da diva – MDNA – e as vendas de ingressos para a nova turnê mundial da loira que se iniciará em 29 de maio, em Tel Aviv, Israel.

Documentário da cantora em Blu-ray/Reprodução

O documentário também
disputa atenção com o lançamento do primeiro perfume da diva, Truth or Dare; com W.E. – filme dirigido pela cantora –; e com a estreia do primeiro aplicativo da musa para iPad.

Além disso, o longa chega às prateleiras americanas um dia antes do segundo chat  promovido por Madonna [@MadonnaMDNAday] no Twitter.

O bate-papo acontece nesta quarta-feira (4/4), às 23h no horário de Brasília. Saiba mais em www.madonna.com/askmadonna.

Madonna | Site oficial
www.madonna.com

Gostou? Então, leia também
MDNA: Madonna revela capa de novo disco
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web
Premiado longa Girimunho abre 38º Festival Sesc Melhores Filmes
Comédia O Auto do Circo é encenada até 29 de abril em SP

Estilista Stella McCartney nos dá 3MOTIVOSPARA… sermos supercocotas
NME lança enquete para descobrir Maior Ícone Musical dos últimos anos
Arte contemporânea dos EUA ganha exposição no Malba
Oficinas gratuitas de técnicas circenses voltam ao CCJ em abril
3MOTIVOSPARA… admirar o fotógrafo Steve Schapiro
Inscrições para Cine MuBE Vitrine Independente 2012 vão até 31 de maio
Lygia Pape: Estação Pinacoteca apresenta retrospectiva da artista plástica
Grátis: Espetáculo teatral Hell chega à periferia

Debora de Lucas

MDNA: Madonna revela capa de novo CD. Relembre as “caras” dos outros discos da Rainha do Pop

Ela já anunciou que seu novo single, Give Me All Your Luvin’ será lançado na sexta-feira (3/2).

No ano passado, chorou pelo vazamento na web da versão demo da música – que conta com as participações das cantoras de hip hop Nicki Minaj e M.I.A. Em 26 de janeiro, disponibilizou um vídeo promocional que traz cenas das gravações de seu mais novo CD: MDNA. Na segunda-feira (30), revelou em seu site a capa desse disco, que é o seu 12º de estúdio. Madonna está de volta.

Capa MDNA média 375X375

MDNA, 12° álbum de estúdio de Madonna/Reprodução

VEJA! Relembre as capas dos discos da Rainha do Pop

A pré-venda mundial do álbum será feita pelo iTunes, informa a página oficial da Rainha do Pop na internet.

Na loja virtual, o internauta encontrará a edição deluxe – com 18 faixas – que inclui um remix exclusivo (cujo  nome não foi anunciado até o momento), completa

O remix poderá ser comprado de 3 a 6 de fevereiro. Durante o período, o CD custará US$ 9,99 (cerca de R$ 17,40), e a música Give Me All Your Luvin’ poderá ser baixada no ato, completa.

American Idols + YouTube + Super Bowl
Mas não para por aí. A estratégia de divulgação também conta o lançamento do videoclipe do single no programa American Idols, nesta quinta-feira (2/2), nos Estados Unidos. Um dia depois (3/2), Give Me All Your Luvin’ estreia no canal do YouTube da cantora. O vídeo foi dirigido por Megaforce e é inspirado no futebol americano e em cheerleaders.

No dia 5 do mesmo mês, a loira fará uma performance de meia hora na 46ª edição do evento esportivo Super Bowl. Segundo a revista americana NFL, o repertório de Madonna poderá ser composto pelas canções Give Me All Your Luvin’, Ray of Light, Vogue e Holiday.

Futuro da realeza
MDNA será o primeiro disco da cantora sem o aporte da Warner Music, gravadora da artista por mais de 25 anos. Com a internet bombando e o novo modelo de negócio do show business atrelado à web, Madonna resolveu encerrar o contrato com a casa. A coletânea Celebration (2009) finalizou a relação entre a Rainha do Pop e a empresa.

Rainha do Pop se diverte com nome do novo single/Divulgação

A mídia especializada gringa afirma que a loira escolheu lançar seu novo disco em 2012 porque sabia que as suas “competidoras” estariam fora do páreo.

Beyoncé colocou nas prateleiras seu quarto trabalho solo de estúdio, 4, no ano passado e agora curte a licença maternidade.

Lady Gaga dominou
o mundo em 2011 com os CDs Born This Way e Born This Way: The Remix e a turnê mundial Monster Ball.

Christina Aguilera é carta fora do baralho.

Britney Spears lançou o álbum Femme Fatale, rodou o planeta com a tour homônima e, como sempre, engordou a ponto de não caber nos figurinos e depois emagreceu.

E Madonna? Continua linda, soberana e majestosa em seu trono. E, com o lançamento de MDNA, veremos se ela ainda merece o posto de Rainha do Pop.

***

Madonna | Site oficial
www.madonna.com

Madona no iTunes
www.itunes.com/madonna

Madonna no YouTube | Canal oficial
www.youtube.com/madonna

*Atualizado às 8h22, em 1° de fevereiro de 2012.

Gostou? Então, leia também
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDS da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web
Ria com Laerte, Angeli, Adão e Sieber no Dia Nacional dos Quadrinhos

Show de Os Paralamas do Sucesso abrilhanta aniversário de 458 anos de SP
Exposição Help-Portrait mostra a cara dos paulistanos excluídos
Be ‘mais’ cool! Faça um curso de arte on line do MoMA
3MOTIVOSPARA… fugir do filme A Hora da Escuridão
Monique do BBB 12: De possível vítima a puta
Sandra Bullock, não te desculpo!
Blecaute de 18/1, o dia do não ao SOPA e ao Pipa
Terry Richardson: O olhar do badalado fotógrafo de moda na web
Inscrições para salão de humor World Press Cartoons 2012 vão até 31/1
Projeto musical SP Representa volta em 2012 com 20 shows
3MOTIVOSPARA… continuar lendo o deborando em 2012

Debora de Lucas


//

W3Counter

De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos álbuns da Rainha do Pop

As capas dos discos de Madonna retratam a trajetória da cantora de 53 anos e contam um pouco da história da música pop dos Estados Unidos.

Com MDNA, a Rainha do Pop chega à marca de doze discos de estúdio e 30 anos de carreira. Junto com as coletâneas e os álbuns ao vivo, a discografia da loira contabiliza vinte títulos. Porém, o que importa agora são as capas desses 12 trabalhos pois eles construíram e mantiveram a eterna Material Girl no topo.

***

[12º] MDNA (2012): A sonoridade ainda é uma incógnita. O disco chegará ao iTunes em 3 de fevereiro. A capa do álbum é revelada pela cantora em 30 de janeiro de 2012 em seu site e em sua página no Facebook | Single: Give Me All Your Luvin’.

[11º] Hard Candy (2008): Com elementos do hip hop e da música eletrônica, Hard Candy conquista as paradas mundiais. O disco conta com participações de Justin Timberlake, Kanye West e Timbaland.

A foto da capa apresenta uma Madonna boxeadora, exibindo o cinturão de número um do mundo e pronta para brigar com as suas competidoras. | Hits: 4 Minutes, Give It 2 Me, Miles Aways e Beat Goes On.

[10º] Confessions on a Dancefloor (2005): Graças ao álbum, a disco music volta às pistas e às rádios do planeta. O single Hung Up contém um sample de Gimme! Gimme! Gimme! (A Man After Midnight), do grupo ABBA, e se torna o babado do ano.

Por conta do figurino dessa Madonna ruiva, o collant (ou body) volta ao guarda-roupa feminino| Hits: Hung Up, Get Together, Sorry, I Love New York e Jump.

[9º] American Life (2003): Beligerante, o CD é contra o governo do então presidente norte-americano George W. Bush. Sutilmente caracterizada como uma índia, Madonna tenta resgatar o espírito originário dos Estados Unidos. A canção Die Another Day compõe a trilha sonora do filme 007 – Um Novo Dia Para Morrer. | Hits: American Life, Hollywood, Nobody Knows Me e Die Another Day.

[8º] Music (2000): A terceira investida de Madonna no mundo da música eletrônica. Seu visual de cowgirl ressuscita a moda country. | Hits: Music, Don’t Tell Me e What It Feels Like For a Girl.

[7º] Ray of Light (1998): A mescla entre música eletrônica, pop e espiritualidade funciona. A crítica especializada considera Ray of Light como um dos melhores discos da artista.

O trabalho ganha o Grammy de Melhor Álbum Pop de 1998 e apresenta uma nova Madonna. Agora ela é uma mulher centrada, serena e espiritualizada.

A outrora católica se converte à Cabala e, consigo, arrasta uma legião de fãs à filosofia judaica. De forma implícita, o disco foi dedicado a Lourdes Maria, primeira filha da cantora. | Hits: Ray of Light, Frozen, The Power of Goodbye e Nothing Really Matters.

[6º] Bedtime Stories (1994): Primeiro flerte de Madonna com a música eletrônica. A faixa-título do álbum é uma parceria entre a Material Girl e a cantora islandesa Björk. | Hits: Secret, Don’t Stop, Human Nature e Take a Bow.

[5º] Erotica (1992): Com o título de Rainha do Pop, Madonna explora a sexualidade e a nudez ao máximo no disco, nos videoclipes, nas entrevistas, nas fotos de divulgação e na própria capa do disco.

Artisticamente, o álbum é irmão do livro de fotos eróticas Sex (também de autoria de Madonna). Depois disso, a cantora não voltaria a esse universo. O trabalho é a primeira produção de Maverick, selo musical da artista | Hits: Erotica, Fever, Depper and Depper, Bad Girl e Rain.

[4º] Like a Prayer (1989): Disco forte e cheio de simbolismos. Pela primeira vez, os críticos elogiam um álbum de Madonna. Para eles, Like a Prayer representa a maturidade musical da loira.

Apesar disso, o vídeo da faixa-título do LP é extremamente criticado pela Igreja Católica. No clipe – que debate o racismo nos Estados Unidos -, Madonna beija um santo negro.

O trabalho também marca o fim do casamento da cantora com o ator Sean Penn. A capa do disco é a única da discografia da artista em que ela não mostra o rosto | Hits: Like a Prayer, Express Yourself, Cherish e Oh Father.

[3º] True Blue (1986): Apesar da polêmica música Papa Don’t Preach, o disco é um dos mais românticos da cantora. Madonna acaba de se casar com o ator Sean Penn e está muito feliz. A foto da capa demonstra esse período leve e suave. | Hits: True Blue, Open Your Heart, Papa Don’t Preach, Live to Tell e La Isla Bonita.

[2º] Like A Virgin (1984): Com ares de pop star, Madonna se veste de noiva punk e começa a fundir sexualidade e música. O visual com muitos crucifixos e lingeries à mostra conquista o mundo e dá início à Madonnamania. | Hits: Like a Virgin, Material Girl e Dress You Up.

[1º] Madonna (1982): O álbum traz o vigor dos anos 1980. No trabalho, a loira brinca com as sonoridades pop e new wave. O foco da capa é apresentar o rosto de Madonna. | Hits: Everbody, Holiday, Lucky Star, Bordeline e Burning Up.

Gostou? Então, leia também
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web

(Debora de Lucas | @deboradelucas) | Créditos das imagens: Reprodução

Blog no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: