Festival de Cinema Polonês se inicia nesta quarta (24) em São Paulo

Em meio ao furacão cinematográfico da Mostra Internacional, o Festival de Cinema Polonês se inicia nesta quarta-feira (24) no Centro Cultural Banco do Brasil, em São Paulo.

Cartaz do Festival de Cinema Polonês/Reprodução

Até 28 de outubro, a mostra gratuita vai exibir sete longas-metragens realizados entre 2008 e 2011 – como os já taribados nas salas brasileiras Tudo que Eu Amo (2009) e Veneza (2010).

Segundo a organização, os títulos foram escolhidos com o objetivo de apresentar a diversidade e a qualidade do cinema polonês contemporâneo.

Dois filmes vão ser projetados diariamente, e os ingressos vão ser distribuídos uma hora antes de cada sessão.

Tradição
Não tão tradicional quanto a 36ª Mostra Internacional de Cinema de São Paulo, o festival polonês acontece desde 2009 no Brasil.

O evento, que rolou no Rio de Janeiro na semana passada, ruma para Brasília após a temporada paulistana. Lá, a exibição acontece de 6 a 11 de novembro no Centro Cultural Banco do Brasil da cidade. Mais informações em www.bb.com.br.

PROGRAMAÇÃO COMPLETA
24 de outubro (quarta-feira)
17h30 – Zero | Dir.: Pawel Borowski | Elenco: Kamilla Baar, Malgorzata Bereza e Przemyslaw Bluszcz | Sinopse: Uma história sobre amor e ódio, violência, sexo e segredos surpreendentes se desenrola em 24 horas. [Drama & Ação] | Duração: 110 min | Ano: 2009 | Projeção: Blu-Ray

20h – Pequena Moscou [Mala Moskwa] | Dir.: Waldemar Krzystek | Elenco: Svetlana Khodchenkova, Leslaw Zurek e Dmitriy Ulyanov. | Sinopse: Durante a Guerra Fria, uma jovem casada soviética e um oficial polonês se unem pela música. [Drama & Romance] | Duração: 113 min | Ano: 2008 | Projeção: DVD | [Trailer não localizado :( ]

25 de outubro (quinta-feira)
17h30 – Rosinha [Różyczka] | Dir.: Jan Kidawa-Blonski | Elenco: Andrzej Seweryn, Magdalena Boczarska e Robert Wieckiewicz. | Sinopse: Durante o regime comunista, a jovem Kamila (Boczarska)se torna amante do professor Warczewski (Seweryn) para espioná-lo. [Drama, História & Romance] | Duração: 118 min | Ano: 2010 | Projeção: DVD

20h – Essential Killing | Dir.: Jerzy Skolimowski | Elenco: Vincent Gallo, Emmanuelle Seigner e Zach Cohen. | Sinopse: Um prisioneiro de guerra afegão se liberta e tenta fuguir do exército norte-americano. Pelo longa, Skolimowski recebeu os prêmios Especial do Júri e CinemAvvenire no Festival de Veneza, em 2010.[Suspense & Guerra] | Duração: 83 min| Ano: 2010 | Projeção: Blu-Ray

26 de outubro (sexta-feira)
17h30 – O Moinho e a Cruz [The Mill and the Cross] | Dir.: Lech Majewski | Elenco: Rutger Hauer, Michael York e Charlotte Rampling. | Sinopse: O filme recria o processo de pintura do quadro A Procissão para o Calvário, de Pieter Bruegel (1525 – 1569). A obra do pintor narra a Paixão de Cristo durante a ocupação espanhola. [Drama & História] | Duração: 96 min | Ano: 2011 | Projeção: Blu-Ray | Veja o trailer 

20h – Tudo que Eu Amo [Wszystko, co kocham] | Dir.: Jacek Borcuch | Elenco: Mateusz Kosciukiewicz, Olga Frycz e Jakub Gierszal. | Sinopse: Em 1981, o Movimento Solidariedade ganha força, e os rumores de uma revolução na Polônia crescem. Neste turbilhão, os adolescentes Janek (Kosciukiewicz) e Basia (Frycz) se apaixonam e enfrentam todas as dificuldades políticas do período. [Comédia, Drama & Música] | Duração: 91 min| Ano: 2009 | Projeção: Blu-Ray

27 de outubro (sábado)
16h30 – Veneza [Wenecja] | Dir.: Jan Jakub Kolski | Elenco: Marcin Walewski, Magdalena Cielecka e Agnieszka Grochowska. | Sinopse: Marek (Walewski), um garoto de 11 anos, sonha em viajar para Veneza. Com a Segunda Guerra Mundial, o menino tem seu sonho adiado e é mandado para morar na casa de sua tia. [Drama] | Duração: 114 min| Ano: 2010 | Projeção: DVD | [Trailer não localizado :( ]

Pôster polonês do longa-metragem Veneza (2010)/Reprodução

19h – Zero | Dir.: Pawel Borowski | Elenco: Kamilla Baar, Malgorzata Bereza e Przemyslaw Bluszcz | Sinopse: Uma história sobre amor e ódio, violência, sexo e segredos surpreendentes se desenrola em 24 horas. [Drama & Ação] | Duração: 110 min | Ano: 2009 Projeção: Blu-Ray | Veja o trailer

28 de outubro (domingo)
16h30 – Rosinha [Różyczka] | Dir.: Jan Kidawa-Blonski | Elenco: Andrzej Seweryn, Magdalena Boczarska e Robert Wieckiewicz. | Sinopse: Durante o regime comunista, a jovem Kamila (Boczarska)se torna amante do professor Warczewski (Seweryn) para espioná-lo. [Drama, História & Romance] | Duração: 118 min | Ano: 2010 | Projeção: DVD | Veja o trailer

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

19h – O Moinho e a Cruz [The Mill and the Cross] | Dir.: Lech Majewski | Elenco: Rutger Hauer, Michael York e Charlotte Rampling. | Sinopse: O filme recria o processo de pintura do quadro A Procissão para o Calvário, de Pieter Bruegel (1525 – 1569). A obra do pintor narra a Paixão de Cristo durante a ocupação espanhola. [Drama & História] | Duração: 96 min| Ano: 2011 | Projeção: Blu-Ray

FESTIVAL DE CINEMA POLONÊS
Data: de 24 a 28 de outubro
Horário: Variados. Confira a programação | Quanto? Grátis.
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo (CCBB SP) [www.bb.com.br]
Rua Álvares Penteado, 112
Centro | São Paulo | São Paulo
Telefones: (11) 3113-3651 e 3113-3652

Gostou? Então, leia também
The Girl: Obsessão de Alfred Hitchcock por
Tippi Hedren é recontada em telefilme da HBO

Factice: uma revista de fotografia & moda na web
Exposição revisita obra de Nelson Rodrigues em SP
Oficina ensina técnicas para montagem de produtos sustentáveis
Cheio de marra, James Bond completa 50 anos de cinema
Cartunista Robert Crumb ganha nova compilação da Taschen
Box set reúne apresentações de Amy Winehouse na BBC
Espetáculo Ulisses Molly Bloom – Dançando para
Adiar permanece na Casa das Rosas até 27/10

John Lennon é o Maior Ícone Musical
dos últimos 60 anos, aponta revista NME

David Bowie é homenageado em simpósio de universidade gringa

Debora de Lucas


//

W3Counter

Mostra gratuita Impressionismo se despede de São Paulo com visitação durante a madrugada

Quem deixou para conferir a exposição gratuita Impressionismo: Paris e a Modernidade nos últimos dias, caiu em uma magnífica repescagem. Graças a uma operação non-stop, a exibição pode ser visitada ininterruptamente até as 23h deste sábado (6), no Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB), em São Paulo.

Detalhe de O Tocador de Pífano, de Édouard Manet/Reprodução

Composta por 85 obras-primas do Museu d’Orsay, a mostra permanece na capital paulista até 7 de outubro e, depois, ruma para a cidade do Rio de Janeiro.

Lá, a exposição também poderá ser visitada gratuitamente de 23 de outubro a 13 de janeiro de 2013 no CCBB carioca.

Apesar de interessante e inovadora, a chamada Virada Impressionista rola pela segunda vez no espaço de cultura.

A primeira aconteceu na abertura da exibição, em 4 de agosto, e computou mais de 12 mil visitantes em 30 horas ininterruptas de funcionamento.

Charmes da exposição
Definitivamente, os charmes da Impressionismo: Paris e a Modernidade são a possibilidade de conhecer (ou relembrar) a história do Movimento Impressionista (1860 – 1880)  a partir das pinturas originais e o ineditismo no Brasil de quadros como O Lago das Ninféias, Harmonia Verde, de Claude Monet (1840 – 1926); Senhora Darras, de Pierre-Auguste Renoir (1841 – 1919); O Tocador de Pífano, de Édouard Manet (1832 – 1883); Les Alyscamps, de Paul Gauguin (1848 – 1903); e O Salão de Dança em Arles, de Vincent van Gogh (1853 – 1890).

Retrato Senhora Darras, de Pierre-Auguste Renoir/Reprodução

Divida em seis módulos – “Paris: a Cidade Moderna”, “A Vida Urbana e seus Autores”, “Paris é uma Festa”, “Fugir da Cidade”, “Convite à Viagem” e “A Vida Silenciosa” –, a mostra gira em torno de trabalhos que tiveram a Cidade Luz como protagonista no século 19.

Além da tradicional legenda, cada obra ganhou um texto que explica e contextualiza sua importância no período artístico.

Vídeo imperdível
Quem quiser realmente se aprofundar no tema, deve assistir à exibição do curta-metragem de 17 minutos Escândalo Impressionista, no primeiro andar do CCBB paulistano.

O vídeo conta de forma rápida e didática os desbobramentos e o desfecho do movimento que deu origem à Arte Moderna.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Em suma, não dá para vacilar. É uma grande bobagem não comparecer a uma grande exposição como a Impressionismo: Paris e a Modernidade.

***

Abra o olho! – Opte por tênis e roupas confortáveis. A espera é longa, mas vale a pena! | Quase 300 mil pessoas já conferiram a exposição, segundo a organização. | Não deixe de ler os painéis e ver o vídeo de cerca de três minutos que apresentam o Museu d’Orsay (um mais importantes museus do mundo!) no térreo. | Há uma base móvel da Polícia Militar instalada em frente ao CCBB SP. | Durante a Virada Impressionista, um serviço gratuito de van fará o traslado de ida e volta entre o CCBB paulistano e Edifício Zarvos (Rua da Consolação, 228), ainda de acordo com a organização.

***

PARIS: IMPRESSIONISMO E A MODERNIDADE
>>>Virada Impressionista: Funcionamento ininterrupto até as 23h deste sábado (6)
Data: Até 7 de outubro (domingo). | Horário: das 8h às 20h | Quanto? Grátis.
Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo (CCBB SP)
Rua Álvares Penteado, 112
Centro | São Paulo | São Paulo
Telefones: (11) 3113-3651 e 3113-3652
CCBB SP | Site Oficial

Centro Cultural Banco do Brasil Rio de Janeiro (CCBB RJ)
Data: de 23 de outubro a 13 de janeiro de 2013
Horário: de terça-feira a domingo, das 9h às 21h | Quanto? Grátis
Rua Primeiro de Março, 66
Centro | Rio de Janeiro | Rio de Janeiro
Telefone: (21) 3808-2020
CCBB RJ | Site Oficial

Gostou? Então, leia também
Cartunista Robert Crumb ganha nova compilação da Taschen
As Cores do Som: Evento de Arte de Rua ocupa mirante do CCJ
Quarta edição de festival argentino de quadrinhos acontece até 7/10
Box set reúne apresentações de Amy Winehouse na BBC
Espetáculo Ulisses Molly Bloom – Dançando para
Adiar permanece na Casa das Rosas até 27/10
John Lennon é o Maior Ícone Musical
dos últimos 60 anos, aponta revista NME
David Bowie é homenageado em simpósio de universidade gringa
Audição e pré-venda de novo disco de
Bob Dylan já estão disponíveis no iTunes
Filmagens de novo longa de Pedro Almodóvar se encerram

Debora de Lucas

 

//

W3Counter

3MOTIVOSPARA… ir ao 3° Festival Internacional CulturaDigital.Br no Rio

1 – Será um espaço onde agentes da Cultura Digital brasileira e gringa, sejam realizadores, produtores ou ativistas das áreas cultural, política e tecnológica, se encontrarão e exporão ideias e projetos.

Temas como a função da propriedade intelectual na Era do Conhecimento e os avanços do movimento software livre serão abordados no encontro gratuito que, depois de dois anos em São Paulo, aportará pela primeira vez no Rio de Janeiro.

A 3ª edição do Festival Internacional CulturaDigital.Br se iniciará na próxima sexta-feira (2) na capital fluminense.

O evento acontecerá no MAM – Rio e no Odeon Petrobras até domingo (4), sempre das 10h às 22h.

2 – O encontro contará com 84 atividades distribuídas nos eixos Laboratório Experimental (MAM -Rio), Mostra de Experiências (MAM – Rio) , Palestras (Odeon Petrobras) e Visualidades (MAM – Rio).

Entre os palestrantes estarão o professor de Direito na Universidade de Harvard Yochai Benkler (2/12, das 20h às 21h30), a ensaísta e pesquisadora Heloísa Buarque de Hollanda (3/12, das 15h às 16h30) e o escritor Paulo Coelho (4/12, das 15h às 16h30).

O autor dos romances “Brida”, “Cinco Minutos” e “O Aleph” – um dos maiores entusiastas do copyleft – participará do evento via teleconferência.

3 – A entrada será livre e gratuita, porém, a organização sugere que os interessados façam inscrições prévias na página oficial do evento. Vale lembrar que na primeira edição, em 2009, 700 pessoas participaram do encontro. Na segunda, em 2010, 3.500.

Quem não puder ir ao Rio, poderá acompanhar a programação do CulturaDigital.Br ao vivo pelo site do festival.

***

Escritor Paulo Coelho/Divulgação

3ª EDIÇÃO DO FESTIVAL INTERNACIONAL CULTURADIGITAL.BR
data: de 2 a 4 de dezembro,
das 10h às 22h
Entrada: livre e gratuitamente

MAM-Rio
Avenida Dom Infante Henrique, 85, Parque do Flamengo, Rio de Janeiro (RJ)
Telefone (21) 2240 4944 | (21) 2240 4899

Odeon Petrobras
Pça. Floriano, 7, Cinelândia, Rio de Janeiro (RJ)

Tel: (21) 2240 1093


CulturaDigital.Br | Site oficial

culturadigital.org.br


Programação completa
www.culturadigital.org.br/programacao

Gostou? Então, leia também
Loja virtual estampa coreografias de filmes e clipes em camisetas
“My Week with Marilyn” estreia nos Estados Unidos
Mais uma biografia de Ronaldo Bôscoli chega às livrarias
Grátis em SP: Luiz Melodia conversa com fãs e canta no CCJ
Filme sobre vida de Paulo Coelho volta a se tornar notícia
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como

CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina
Pai de Amy Winehouse conta história da cantora em livro
Três motivos para curtir de Metrô o fim de semana em SP

Debora de Lucas


//

W3Counter

“A Bossa do Lobo”, mais uma biografia de Ronaldo Bôscoli chega às livrarias

Denilson Monteiro foi ousado. Desta vez, o escritor de “Dez! Nota Dez! Eu Sou Carlos Imperial” (Matrix Editora) narrou a história de um dos letristas mais conhecidos da Bossa Nova: Ronaldo Bôscoli.

De cara, “A Bossa do Lobo” (Leya, 544 páginas, R$ 44,90) chega às livrarias competindo com uma série de títulos que já revisitou e recontou a vida e a obra do compositor e jornalista, morto em 18 de novembro de 1994.

Ronaldo Bôscoli tinha múltiplas facetas. Podia ser o carioca safo, o bom de bico com as mulheres, o língua venenosa, o criador de pocket shows e o fã de Frank Sinatra/Reprodução

Ronaldo Bôscoli tinha múltiplas facetas. Podia ser o carioca safo, o bom de bico com as mulheres, o língua venenosa, o criador de pocket shows e o fã de Frank Sinatra/Reprodução

Um dos primeiros livros a citar o letrista de “Lobo Bobo”, “O Barquinho”, “Balançamba” e “Tributo a Martin Luther King” foi “Furação Elis” (Editora Globo), de Regina Echeverria. Como o músico foi o primeiro marido e pai do primeiro filho de Elis Regina, João Marcelo Bôscoli, a relação conturbada com a cantora foi exposta em algumas páginas da obra de 1985.

A trajetória de Bôscoli voltou a ser contada em 1990 em “Chega de Saudade” (Companhia das Letras), de Ruy Castro . O compositor é citado mais de setenta vezes no livro que se tornou referência mundial sobre a história da Bossa Nova.

Bôscoli conta sua historia
O próprio músico revisitou sua trajetória em “Eles e Eu – Memórias de Ronaldo Bôscoli” (Editora Nova Fronteira). O carioca narrou suas lembranças aos jornalistas Luiz Carlos Maciel e Ângela Chaves que as transformaram em uma biografia de 286 páginas.

O livro foi lançado dias antes da morte de Bôscoli e, sob o ponto de vista do músico, apresentou a história da Bossa Nova, do Rio de Janeiro nos anos 50 e 60, do cenário musical brasileiro, de suas músicas, de suas amizades e inimizades e de suas relações amorosas com as cantoras Nara Leão, Elis, Maysa, entre outras mulheres.

Os caminhos de Bôscoli e Ruy Castro se cruzaram por mais uma vez em “Ela é Carioca – Uma Enciclópedia de Ipanema” (Companhia das Letras). O compositor, que se encontrava quase diariamente com o maestro Antonio Carlos Jobim na churrascaria Plataforma, no Leblon, se tornou um dos verbetes da obra de 1999.

Nos anos 2000, o “Véio” – apelido do letrista – foi citado em um punhado de livros biográficos e autobiográficos como, respectivamente, “Nara Leão, uma Biografia” (Editora Lumiar), de Sérgio Cabral, e “Noites Tropicais” (Objetiva), de Nelson Motta.

Mil homens em um só
Essas obras retratam as múltiplas facetas de Bôscoli como carioca safo, bom de bico com as mulheres, língua ferina, jornalista esportivo, torcedor do Fluminense, amigo de Nelson Rodrigues, letrista de mão cheia, criador de pocket shows no Beco das Garrafas, parceiro de Luiz Carlos Mieli, produtor musical de Roberto Carlos e fã de Frank Sinatra.

O desafio de Monteiro em “A Bossa do Lobo” é fugir do lugar comum. O autor, que há mais de dez anos trabalha com pesquisas biográficas, foi responsável pelo levantamento de dados e imagens de “Vale Tudo – O Som e a Fúria de Tim Maia”, de Nelson Motta, e realizou as pesquisas de imagens de “Minha Fama de Mau”, de Erasmo Carlos, e “Bussunda – A Vida do Casseta”, de Guilherme Fiuza. Ou seja, ele é um cara vivido.

Monteiro uniu essa experiência a uma pesquisa detalhada e a uma centena de entrevistas com pessoas que conviveram com Bôscoli e se atreveu a recontar a trajetória do letrista.

A leitura de “A Bossa do Lobo” nos convida à aposta corajosa do autor.

A BOSSA DO LOBO
Autor: Denilson Monteiro
Editora: Leya
Preço: R$44,90
544 páginas

Gostou? Então, leia também
Maitena se cansa de desenhar e lança “Rumble”, seu primeiro romance
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina
Pai de Amy Winehouse conta história da cantora em livro
Três motivos para não esquecer Marlon Brando
Grátis em SP: Luiz Melodia conversa com fãs e canta no CCJ
Falemos de “Amanhecer”, Drácula, vampiros, Stephenie Meyer e Bram Stoker
Gostaria de passar um dia com Antonio Banderas?
Três motivos para curtir de Metrô o fim de semana em SP
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como

Debora de Lucas


//

W3Counter

 

Manifestação global do movimento 11.11.11 – Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. acontece amanhã

O movimento 11.11.11 – Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. se materializará na próxima sexta-feira (11), das 11h às 23h. O ato em prol da democracia acontecerá amanhã em todos os continentes e em mais de 50 cidades do mundo como São Paulo (Brasil), Londres (Reino Unido), Los Angeles (Estados Unidos), Toronto (Canadá), Auckland (Nova Zelândia), Hong Kong (China), Buenos Aires (Argentina) e Taipei (Taiwan).

Logomarca do lema We Are One/Reprodução

Sob o lema We Are One (Nós Somos Um, em tradução livre), a organização anônima está convocando manifestantes por dezenas de páginas de evento no Facebook. Por enquanto, mais de 32 mil pessoas já confirmaram presença na ação global.

Além da democracia, o movimento reivindica um mundo mais justo. No muro da página do grupo no Brasil, a instituição se posiciona contra toda e qualquer tirania, opressão, exploração e abuso de poder.

“Basta de sermos tratados como mercadoria. Estamos cansados de esperar uma atitude de nossos representantes. Vamos ocupar as ruas e nos juntar ao movimento revolucionário que está acontecendo agora mesmo. Vamos nos unir e resistir. E então dar início a uma nova realidade, melhor para todos nós”, completa.

A ideia central da mensagem foi repetida nas páginas em inglês e espanhol.

Apesar do tom beligerante, as manifestações do 11.11.11 – Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. serão pacíficas. No Brasil, além da capital paulista, acontecerão atos em Curitiba, Porto Alegre, Nova Friburgo, São Carlos, Jundiaí, Goiânia, Florianópolis, Vitória, Natal, Belo Horizonte, Brasília e no Rio de Janeiro.

11.11.11 – Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. | Brasil

11.11.11 Occupy The Streets. Occupy The World. [em inglês]

Gostou? Então, leia também

Três motivos para curtir o fim de semana em São Paulo de Metrô
“Give Me All Your Love”, nova música de Madonna, vaza na web. Será?
“O Preço do Amanhã”: Filme de Justin Timberlake é irregular
Festival Cine Favela convida internautas para abertura oficial
Maitena se cansa de desenhar e lança primeiro romance
“Contágio” expõe mazelas da humanidade em 1h46
Lady Gaga: Não se espante se ela lançar um linha de iogurtes
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…

Debora de Lucas


//

W3Counter

Sem tantos playbacks, Britney Spears volta ao Brasil com turnê mundial Femme Fatale

Fã aceita tudo? Britney Spears já se tocou que não. Depois dos playbacks grosseiros da turnê Oops!… I Did It Again em 2001 no Rock in Rio, a Princesinha do Pop volta a se apresentar no Brasil. Dessa vez, a cantora exibirá a turnê mundial Femme Fatale. Os shows, que acontecerão na terça-feira no Rio (15) e na sexta (18) em São Paulo, iniciarão a etapa latino-americana da série de concertos que, de acordo com a imprensa internacional, não contou com (muitos) playbacks.

Britney Spears chegará ao 30 anos em 2 de dezembro/Divulgação

Parece que ela aprendeu. Em 2009, a norte-americana apanhou da crítica e dos internautas em todo o  mundo por lançar mão – excessivamente – de dublagens durante a Circus Starring Britney Spears Tour.

Em julho deste ano, a principal rival da artista, a cantora Lady Gaga, criticou a ex musa teen por usar playbacks.

A compositora e intérprete dos sucessos Judas e Born This Way afirmou seria incapaz de oferecer um espetáculo sem qualidade para os seus seguidores e anunciou que nunca dublará suas músicas.

No entanto, como o ditado popular diz, águas passadas não movem moinhos e, perto de completar 30 anos, Britney tenta se redimir.

O cabaré da Madame Monroe?
Com ares de cabaré, Femme Fatale Tour é compostas por canções do disco homônimo – lançando em março deste ano – e revisita alguns dos sucessos da cantora como …Baby One More Time, “I’m a Slave 4 U Gimme More. Ao todo, 21 músicas serão apresentadas segundo a promotora do evento no Brasil Time for Fun.

VEJA GALERIA DE FOTOS >>> 5 cliques de Femme Fatale Tour

O espetáculo de aproximadamente 1h30 é dividido em cinco partes e apresenta Britney como uma agente secreta que foge da prisão, dança como Marilyn Monroe, entra no mundo egípcio, brinca de motoqueira, luta com um grupo de ninjas e, por fim, escapa ilesa.


Quem se empolgou, ainda pode comprar ingressos. As entradas para o concerto carioca, que acontece amanhã (15), às 21h, na Praça da Apoteose, custam entre R$ 220 (pista) e R$ 550 (pista premium).

Os tickets para o show paulistano, que rolará na sexta-feira (18), às 22h, na Arena Anhembi, saem por R$ 225 (pista). Os ingressos para a área premium em São Paulo se esgotaram em menos de 24 horas. Em ambas as datas, estudantes, aposentados e professores têm direito à meia-entrada.

Britney chegou ao Brasil no último sábado (12) e, para despistar os fãs, trouxe uma personal dublê. Enquanto a cantora se diverte com o namorado Jason Trawick, cuida dos filhos e dá umas bandas pela Cidade Maravilhosa, a sósia fica no hotel acenando para os seguidores da Princesinha do Pop.

Depois dos shows no país, a loira levará Femme Fatale aos hermanos Argentina, Chile, Peru, Colombia, Venezuela, México, República Dominicana e Porto Rico.

>>>Britney Spears: Femme Fatale Tour no Brasil
Rio de Janeiro

Data: terça-feira,15 de novembro de 2011
Local: Praça da Apoteose (R. Marques de Sapucaí , s/n, Centro)
Horário: às 21h
Duração: aproximadamente 1h30
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos. Jovens de 12 a 15 anos devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis. A partir de 16 anos, a entrada é livre.
Capacidade: 35 mil pessoas
Ingressos: Para pista, R$ 220 (inteira) e R$ 110 (meia-entrada). Para Pista Premium, R$ 550 (inteira) e R$ 275 (meia-entrada). Estudantes, aposentados e professores devem apresentar a documentação no ato da compra e entrada do evento para garantirem o benefício. Vendas limitadas a oito entradas por pessoa.
Bilheteria oficial: Citibank Hall, de domingo a domingo, das 12h às 20h

São Paulo
Data: sexta-feira, 18 de novembro de 2011
Local: Arena Anhembi (Av. Olavo Fontoura, 1.209, Anhembi Parque, Santana)
Horário: às 22h
Duração do show: aproximadamente 1h30
Classificação etária: Não será permitida a entrada de menores de 12 anos. Jovens de 12 a 13 anos devem estar acompanhados pelos pais ou responsáveis. A partir de 14 anos, a entrada é livre.
Capacidade: 35 mil pessoas
Ingressos: Para pista, R$ 250 (inteira) e R$ 125 (meia-entrada). Para Pista Premium, tickets esgotados (R$ 600, a inteira, e R$ 300, a meia-entrada). Estudantes, aposentados e professores devem apresentar a documentação no ato da compra e entrada do evento para garantirem o benefício. Vendas limitadas a oito entradas por pessoa.
Bilheteria oficial: Credicard Hall, de domigo a domingo, das 12h às 20h

Mais informações no site da Time for Fun ou pelo telefone 4003 5588 (válido para todo o país)

>>>Datas de Femme Fatale Tour na América Latina


Britney Spears | Site oficial

www.britneyspears.com


Gostou? Então, leia também

Três motivos para curtir de Metrô o fim de semana em SP
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…
“Give Me All Your Love”, nova música de Madonna, vaza na web. Será?
“O Preço do Amanhã”: Filme de Justin Timberlake é irregular
Maitena se cansa de desenhar e lança primeiro romance
“Contágio” expõe mazelas da humanidade em 1h46
Lady Gaga: Não se espante se ela lançar um linha de iogurtes

Debora de Lucas


//

W3Counter

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: