Gosta de fotografia? Siga a @gettygallery!

A conta no Twitter da Getty Images Gallery [@gettygallery] é uma boa pedida para quem se amarra em fotografia.

Com um amplo acervo – composto por cliques de fotojornalismo, entretenimento, artes e esportes -, a galeria londrina presenteia diariamente seus seguidores no microblog com imagens belas, históricas e contundentes.

Coppola (costas) e De Niro em O Poderoso Chefão 2/Reprodução

Para celebrar o aniversário de 69 anos
do ator Robert De Niro nesta sexta-feira (17), uma foto do astro duran
-te as filmagens de O Poderoso Chefão 2 (The Godfather: Part II) foi tuitada [ao lado].

No registro de 1974,
o intérprete aparece recebendo orientações
do diretor Francis Ford Coppola.

Até a atriz Mae West (1893 – 1980) foi lembrada.

A estrela, que também nasceu hoje e emprestou as suas curvas à garrafa de 237 ml de Coca-Cola, teve uma foto de divulgação comparti-
lhada na rede social de 140 caracteres.

No entanto, as “tuitadas fotográficas” não se restringem ao mundo do cinema. Recentemente, as boxeadoras Nicola Adams e Barbara Buttrick e o presidente norte-americano Richard Nixon (1913 – 1994) também foram prestigiados.

Deixando o virtual de lado
A Getty Images Gallery está localizada no 46 Eastcastle Street, em Londres (W1W 8DX), Reino Unido.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Autointitulado de a maior galeria independente de fotografia da capital britânica, o espaço de exposições tem entrada franca e funciona de segunda a sexta-feira, das 10h às 17h30, e aos sábados, das 12h às 17h30. Mais informações no www.gettyimagesgallery.com.

*Post originalmente publicado no deboradelucas.tumblr.com em 17 de agosto.

Gostou? Então, leia também
Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos
Cartunista Adão Iturrusgarai lança autobiografia em SP
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Mostra apresenta transformação de Norma Jeane em Marilyn Monroe
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Criolo, Rodrigo Campos e Kiko Dinucci abrem 2ª
edição do Estéticas das Periferias com show no CCJ
Kristen Stewart e seu lado B
Grátis: Fernanda Montenegro leva peça ao interior de SP
File 2012 vai até 19/8 em São Paulo

Debora de Lucas


//

W3Counter

Integrada às redes sociais, Madonna chega aos 54 anos

Em boa forma e com dezenas de fotos de divulgação “photoshopadas”, a cantora Madonna completa 54 anos nesta quinta-feira (16). Dona de uma das carreiras mais bem-sucedidas do mundo pop, neste ano, a loira se rendeu definitivamente às redes sociais.

Madonna, a Rainha do Pop, aos 54 anos/Reprodução

Até 2011, a estrela esnobava o Twitter – ela nem tinha uma conta no microblog! – e subestimava a força do Facebook.

A mudança aconteceu com o lançamento do disco MDNA. O 12° álbum de estúdio chegou às prateleiras em 26 de março e reposicionou a Rainha do Pop no universo digital.

Para bombar o novo CD e não ficar atrás de concorrentes-garotonas como Lady Gaga, Rihanna, Britney Spears e Beyoncé, a norte-americana promoveu dois “tweet-chats” com seus fãs e turbinou o conteúdo de sua página no ciberespaço de Mark Zuckerberg. A partir disso, não parou mais.

Hoje, a eterna Material Girl está nas sete redes sociais mais importantes (veja lista completa abaixo), possui apps para iPhone e iPad e tem um site oficial bacanudo que, desde 2000, é constantemente atualizado com textos, fotos e vídeos.

Futuro próximo
De folga nesta quinta, Madonna volta aos palcos com a turnê MDNA no sábado (18), em Zurique, Suíça. A série de apresentações desembarcará no Brasil em dezembro e passará pelas cidades do Rio de Janeiro (2), São Paulo (4 e 5) e Porto Alegre (9). Há ingressos para todas as datas, mais informações no site da diva.

Ainda em 2012, o primeiro disco da estrela – Madonna – chega aos 30 anos em 30 de novembro. O álbum de dez faixas é conhecido pelos hits Everybody, Holiday, Borderline, Lucky Star e Burning Up.

Além disso, o polêmico livro de fotos Sex completa 20 anos em 21 de outubro. Na obra de 134 páginas, a loira encarna Mistress Dita. A personagem mergulha em aventuras sexuais cheias de sadomasoquismo, lesbianismo, homossexualidade, orgias e ménages à trois no título esgotado.

A Rainha do Pop não decidiu se irá reeditar a obra que, em 1992, engordou consideravelmente sua conta bancária.

Seja bonzinho e curta a página do deborando ;) no Facebook!

Até agora, este é o último capítulo da vida dessa leoa que, com quatro filhos e mais de 30 anos de carreira, conquistou o mundo e detém a 10ª posição, do Top 100 Celebridades, da revista Forbes.

***

CANAIS E CONTAS OFICIAIS DE MADONNA NAS REDES SOCIAIS
+ Facebook > www.facebook.com/madonna
+ Twitter > @MadonnaMDNAday
+ YouTube > www.youtube.com/madonna
+ G+ [Google Plus] > plus.google.com/101336441946387245415
+ Flickr > www.flickr.com/photos/madonnaphotos
+ MySpace > www.myspace.com/madonna
+ Foursquare > www.foursquare.com/madonna

*Post originalmente publicado no deboradelucas.tumblr.com em 16 de agosto.

Gostou? Então, leia também
Madonna: Livro de fotos Sex completa 20 anos
Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos EUA
MDNA: Madonna revela capa de novo CD
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, “Give Me All Your Love”, vaza na web. Será?
Cartunista Adão Iturrusgarai lança autobiografia em SP
Inscrições para Residência Núcleo de Estudos do MIS vão até 30/9
La Strada: Film Foundation restaura clássico de Fellini
Mostra apresenta transformação de Norma Jeane em Marilyn Monroe
Azzurra Piccardi: Fotógrafa flerta com beleza, irreverência e fantasia
Criolo, Rodrigo Campos e Kiko Dinucci abrem 2ª
edição do Estéticas das Periferias com show no CCJ
Kristen Stewart e seu lado B
Grátis: Fernanda Montenegro leva peça ao interior de SP
File 2012 vai até 19/8 em São Paulo

Debora de Lucas


//

W3Counter

Documentário Na Cama com Madonna é lançado em Blu-ray nos Estados Unidos

O na época polêmico, safado e audacioso documentário Na Cama com Madonna (Truth or Dare) está disponível no formato Blu-ray a partir desta terça-feira (3/4) nos Estados Unidos. O longa-metragem lançado em 1991 apresenta o dia a dia da diva pop durante a espetacular, inovadora e revolucionária turnê mundial Blond Ambition.

A Rainha do Pop, aos 32 anos, em uma foto de divulgação de Na Cama com Madonna/Reprodução

Com a intenção de registrar a mulher por trás do mito, o filme de Alek Keshishian mescla cenas em preto e branco dos bastidores a divinas performances em cores filmadas em 1990. Nos 120 minutos da produção, é possível conferir uma Madonna de 32 anos que é já era uma show woman completa e que estava determinada a se manter no trono de Rainha do Pop.

A rigidez profissional é quebrada por cenas mais espontâneas como o fora que a cantora leva do então namorado – o ator Warren Beatty –; a chacota que a diva faz sobre o comentário do ator Kevin Costner sobre seu concerto; ou a cantada deslavada que a musa passa no (à época não hollywodiano) ator Antonio Banderas.

O documentário ainda é composto por cenas ensaiadas como as que Madonna interage como amiga e mãe dos dançarinos; quando liga e convida o pai para assistir a um de seus espetáculos; quando enfrenta a polícia canadense e diz que prefere ser presa a mudar o seu show; e quando vai ao cemitério visitar o túmulo da mãe.

Verdades e mais verdades
Durante o lançamento, o filme foi apresentado como real, sem censuras ou cortes. No entanto, anos depois, dançarinos da turnê e pessoas próximas a Madonna revelaram algumas verdades sobre a produção. O próprio irmão da loira, Christopher Ciccone, abriu o jogo sobre a filmagem em seu livro/lavação de roupa suja A Vida com Minha Irmã Madonna.


Os “ensaios” em frente às câmeras já demonstravam no que a camaleônica Madonna se tornaria num futuro próximo: egocêntrica, controladora, artificial, competitiva e blindada. As novas mutações puderam ser conferidas nos documentários I’m Going to Tell You a Secret (2005) e The Confessions Tour (2006).

Mesmo sem os tradicionais extras e os apetrechos que acompanham os relançamentos em Blu-ray, Na Cama com Madonna é uma ótima opção de compra. Seja para acompanhar a evolução da enigmática artista de 53 anos ou para ver como Blond Ambition, The Dangerous, de Michael Jackson, e Zoo TV, do U2, ajudaram a transformar as turnês musicais nos grandes, magníficos e lucrativos espetáculos dos dias de hoje.

O documentário ainda não tem data para chegar ao Brasil, mas pode ser adquirido na Amazon.com por US$ 9,99 (cerca de R$ 18), sem as taxas de entrega.

***

De volta aos holofotes – Na Cama com Madonna (Truth or Dare) volta à evidência em meio ao lançamento do 12° álbum de estúdio da diva – MDNA – e as vendas de ingressos para a nova turnê mundial da loira que se iniciará em 29 de maio, em Tel Aviv, Israel.

Documentário da cantora em Blu-ray/Reprodução

O documentário também
disputa atenção com o lançamento do primeiro perfume da diva, Truth or Dare; com W.E. – filme dirigido pela cantora –; e com a estreia do primeiro aplicativo da musa para iPad.

Além disso, o longa chega às prateleiras americanas um dia antes do segundo chat  promovido por Madonna [@MadonnaMDNAday] no Twitter.

O bate-papo acontece nesta quarta-feira (4/4), às 23h no horário de Brasília. Saiba mais em www.madonna.com/askmadonna.

Madonna | Site oficial
www.madonna.com

Gostou? Então, leia também
MDNA: Madonna revela capa de novo disco
De MDNA a Madonna: Relembre as capas dos CDs da Rainha do Pop
Nova música de Madonna, Give Me All Your Love, vaza na web
Premiado longa Girimunho abre 38º Festival Sesc Melhores Filmes
Comédia O Auto do Circo é encenada até 29 de abril em SP

Estilista Stella McCartney nos dá 3MOTIVOSPARA… sermos supercocotas
NME lança enquete para descobrir Maior Ícone Musical dos últimos anos
Arte contemporânea dos EUA ganha exposição no Malba
Oficinas gratuitas de técnicas circenses voltam ao CCJ em abril
3MOTIVOSPARA… admirar o fotógrafo Steve Schapiro
Inscrições para Cine MuBE Vitrine Independente 2012 vão até 31 de maio
Lygia Pape: Estação Pinacoteca apresenta retrospectiva da artista plástica
Grátis: Espetáculo teatral Hell chega à periferia

Debora de Lucas

Nova música de Madonna, “Give Me All Your Love”, vaza na web. Será?

Ou os hackers têm uma fixação louca pelas músicas inéditas de Madonna ou a equipe da cantora é muito relapsa ou a Rainha do Pop disponibiliza as próprias faixas na rede em troca de publicidade gratuita. Desde 2000 – ano de lançamento do disco “Music” –, sempre há uma nova canção da Material Girl “vazada” na web.

Madonna sabe se fazer de sonsa. Quanto necessário, mente e representa/David Shankbone/Wikimedia Commons

Madonna sabe se fazer de sonsa. Quanto necessário, mente e representa/David Shankbone/Wikimedia Commons

Na noite da última terça-feira (8), foi a vez de “Give Me All Your Love”. A faixa é uma versão demo do primeiro single do próximo álbum da loira de 53 anos (leia mais a seguir).

MDNA: Madonna revela capa de novo CD

Relembre as “caras” dos discos da cantora

Das três hipóteses apresentadas no início deste post, a última é a cara de Madonna.

Vamos falar a verdade: como uma canção inédita de uma artista que se blinda tanto cairia do nada na rede? Se fosse a primeira vez, tudo bem. No entanto, Madonna está contanto essa história de “minha música vazou na internet” há mais de dez anos.

Nesta quarta-feira (9), enquanto o vazamento de “Give Me All Your Love” era notícia em todo mundo, o site da cantora não apresentava um comunicado oficial. O empresário da diva Guy Oseary escreveu no Twitter que a loira estava triste com o ocorrido e que acreditava que os seus fãs verdadeiros jamais a exporiam dessa forma. Que álibis perfeitos, não?

A estrela sabe se fazer de sonsa e tem o hábito de representar e mentir quanto é necessário. Vamos dar um desconto, ela não seria quem é se não utilizasse esses artifícios.

Verdades inconvenientes
No livro “A Vida com Minha Irmã Madonna”, o irmão da artista Christopher Ciccone revelou que a maioria das cenas da intimidade da cantora e dos bastidores da turnê “Blond Ambition” – no documentário “Na Cama com Madonna” – foi encenada. Como, por exemplo, quando ela telefonou para o seu pai e lhe convidou para seu concerto, quando foi ao cemitério visitar a mãe e quando a polícia canadense tentou impedir sua apresentação em Toronto por obscenidade.

Na biografia não autorizada “Madonna – 50 Anos”, a autora Lucy O’ Brien contou que o hit “Justify My Love” não foi escrito pela cantora, mas sim, por Ingrid Chavez. Além disso, a compositora alegou que a Material Girl copiou seus vocais para a canção. Depois de um acordo judicial, a musa pop concordou em conceder os créditos da música à Ingrid.

Essas são algumas das centenas de manchas no currículo da mãe de Lourdes Maria, Rocco, David Banda e Mercy James que nos fazem pensar que quando se fala de Madonna, tudo é possível.

A Rainha do Pop dando um duro em um dos shows da turnê Confessions/Wikimedia Commons

E convenhamos, 2011 não está sendo um ano muito bom para a loira. Sua ONG afundou, seu filme “W.E.” foi mal recebido nos festivais de Veneza e Toronto e, musicalmente, a diva não lançou nada. Os pontos positivos estão ligados ao universo da moda e do life style que a artista abocanhou como uma leoa.

Para azedar ainda mais, a cantora pop Lady Gaga está deitando e rolando. Só neste ano, a nova-iorquina já faturou mais de US$ 90 bilhões (cerca de R$ 158 bilhões), lançou o CD “Born This Way”, excursionou por todo o mundo com a turnê Monster Ball, lançou videoclipes como “Judas” e “Yöu and I”, entre outras peripécias.

A jovem de 25 anos e também loira colocou sua “criadora” no chinelo. E o espírito competitivo da Rainha do Pop não permite isso. Ao contrário de Christina Aguilera, Madonna não fica pelos cantos chorando que Gaga está acabando com sua carreira.

Uma música inédita da senhora Ciccone caiu na web e, voilá, os holofotes se voltaram para ela. Com essa manobra, Madonna mostrou que ainda manda no pedaço e que as suas crias precisam se cuidar. E, por essa jogada, parece que ela quer 2012 só para si.

***

Um pouco mais sobre “Give Me All Your Love” – A versão final da música contará com as participações das cantoras M.I.A. e Nicki Minaj e o disco, que será o 12° álbum de estúdio da diva, chegará às lojas no primeiro semestre de 2012, segundo a revista News Music Express.

Ainda de acordo com a publicação especializada em música, Madonna trabalhará no novo CD até o final do ano. Para a empreitada, a cantora chamou William Orbit que produziu “Ray Of Light” – único disco da loira a receber o Grammy de Melhor Álbum Pop.


Gostou? Então, leia também

MDNA: Madonna revela capa de novo CD
Três motivos para curtir o fim de semana em São Paulo de Metrô
Manifestação global do Ocupe as Ruas. Ocupe o Mundo. acontece na 6ª
“O Preço do Amanhã”: Filme de Justin Timberlake é irregular
Festival Cine Favela convida internautas para abertura oficial
Maitena se cansa de desenhar e lança primeiro romance
“Contágio” expõe mazelas da humanidade em 1h46
Lady Gaga: Não se espante se ela lançar um linha de iogurtes
Dá para comprar CDs baratos e originais na Paulista? Sim, saiba como
CD e DVD de Iggy & The Stooges a preço de banana…

Debora de Lucas


//

W3Counter

traição.com: infidelidade ganha aliados na internet

“Aconteceu o seguinte: Vânia finalmente cedeu e concordou em se encontrar com Rogério em um apartamento em Copacabana. Mas insistiu na segurança absoluta. Ninguém poderia vê-la chegar ou sair do prédio. Se o seu marido descobrisse, se o seu marido sequer desconfiasse… Rogério jurou que ninguém a veria.”

O primeiro parágrafo da crônica “Zona Norte, Zona Sul”, de Luis Fernando Verissimo, ilustra qual era o conceito de infidelidade antes do advento de salas de bate-papo, mensagens instantâneas, e-mails e sites de relacionamento. Para trair, o encontro físico era fundamental. Sem ele, as suspeitas eram tão inconsistentes quanto castelos de areia. Mas, nos dias de hoje, as coisas estão bem diferentes.

Hollywood adora tramas cheias de traições e triângulos amorosos. No filme “Infidelidade” (2002), a dona de casa Connie Sumner (Diane Lane) tem um caso com o artista plástico Paul Martel (Olivier Martinez)/Divulgação

“Amor, I love you”
Mensagens eletrônicas românticas, conversas eróticas pelo MSN, navegação em sites pornográficos ou recados de duplo sentido podem, se interceptados pelo parceiro, causar brigas e até rompimentos definitivos de casais. De acordo com grandes escritórios de advocacia da cidade de São Paulo, cópias de e-mails e mensagens do Orkut, Facebook e Messenger são apresentadas em 90% dos pedidos de separação.

Os mais liberais ou os “cucas-fresca” podem considerar a atitude extremada, mas a Psicologia explica que o envolvimento amoroso sem sexo – a infidelidade emocional ou branca – tem o mesmo poder devastador do que um dos cônjuges flagrar o parceiro na cama com um amante. Uma pesquisa apresentada na conferência anual da Sociedade Britânica de Psicologia, em 2006, confirma a análise. Segundo o estudo, para 84% dos entrevistados, relacionamentos amorosos virtuais são uma forma de traição.

Além da Psicologia e da opinião pública, a Justiça brasileira também enquadra o flerte on line como infidelidade. O Código Civil prevê a fidelidade como um dos deveres do casamento ou de uniões estáveis e, atualmente, a jurisprudência já entende que a traição pode ocorrer tanto por meio de contato sexual de um dos cônjuges com uma terceira pessoa ou por comportamentos inadequados mesmo que não cheguem ao contato físico ou à relação sexual.

Nos EUA, as salas de bate-papo se tornaram uma das causas mais frequentes de separação. Um estudo desenvolvido entre 2001 e 2002, pela Universidade da Flórida, já apontava que a internet se tornaria a forma mais comum de infidelidade. Para Al Cooper – autor de “Sex and the Internet: A Guide Book for Clinicians” (Sexo e a Internet: Um Guia para os Clínicos, em tradução livre) -, os casais precisam ser alertados de que inocentes “xavecos” virtuais geralmente terminam em divórcios.

traição.com?
Para quem ainda não se convenceu de que a infidelidade ganhou aliados na internet, vou lembrar da história da romena Geta M. Em 2005, a mulher de então 45 anos pediu divórcio do marido após encontrá-lo acessando pornografia na rede. Apesar dos 23 anos de casamento, Geta alegou que a atitude do companheiro se configurou em adultério virtual. A romena disse à Corte de seu país que não poderia continuar casada pois se sentia traída pelo marido.

Não é o bastante? Então, por 20 minutos, fantasie que o seu grande amor está envolvido com um novo (a) “amigo” (a) da web. Imagine-o (a) passando três horas a fio no Twitter com um estranho (a), escrevendo DMs (direct messengers) amorosas, se perdendo em dezenas de páginas de sexo virtual, usando o perfil do Facebook para fazer declarações don juanescas (a la Carmen, de Bizet) ou receber recados suspeitos… O que você sentiu? Isso agora é infidelidade para você? Se não for, vamos combinar que a Vânia e o Rogério, de Verissimo, foram à Copacabana brincar de casinha.

Gostou? Então, leia também
Adeus Steve Jobs, adeus Mestre do Reino Encantado da Maçã Mordida
“Amizade Colorida” é uma comédia romântica cheia de personalidade
A “morte” e a ressurreição do grupo Atitude
Romance de João Ubaldo retrata luxúria sob a ótica feminina

Três motivos para não esquecer Marlon Brando
“Missão Madrinha de Casamento” não é versão de “Se Beber, Não Case!

Debora de Lucas


//

W3Counter

 

Crie um website ou blog gratuito no WordPress.com.

%d blogueiros gostam disto: